Atualmente, vivemos uma realidade precária quanto a condições e qualidade de vida à transexuais. E a atenção à saúde de transexuais e travestis é ainda recente e inconsistente no Brasil.

Segundo dados oferecidos pela revista especializada The Lancet, ao Correio Braziliense, afirma-se que para um universo estimado de 752 mil transexuais no Brasil, há ambulatórios especializados em somente 11 cidades do país.

Ana Paula, uma das milhares que convivem com essa instabilidade, não só relacionada a saúde, mas em outros âmbitos como social e econômico, teve sua história conhecida infelizmente após ser vista comendo lixo em frente a um salão de beleza em Natal, Rio Grande do Norte.

Ana Paula, momentos antes de passar pela transformação. (Créditos: Arquivo Pessoal / Instagram)

Ela que até então estava sob situação de rua, foi surpreendida pelo acolhimento da Clínica das Loiras.

Tatiana Van Campo, empresária responsável pelo estabelecimento, comovida com situação de Ana Paula, ofereceu à transexual alimento e um dia de beleza.


Eu não contive as lágrimas ao ver a Ana Paula comer lixo na minha frente. Eu nem percebi que o salão estava lotado, minha atitude foi imediata de pegar ela pelas mãos e entrar direto pra cozinha, para que ela comesse conosco na mesa.

E, após observar a condição de vida da transexual, também ofereceu a Ana uma oportunidade para trabalhar como colaboradora na clínica. “Chorei muito. Ela sorriu e disse dona Tatiana a senhora é um anjo ! Nem teve medo de mim. Como eu poderia sentir medo Ana, da sua fragilidade! Você é gente como eu”, disse a dona da clínica.  

Em publicação em suas redes sociais, Tatiana expressou o sentimento de integrar a Transexual em sua equipe. “Tudo que mais quero é ter uma empresa que cresça e prospere para que eu possa empregar pessoas como a Ana Paula , que assim como ela só precisam de uma oportunidade para se erguer na vida”, comenta ela.

View this post on Instagram

Acordei me sentindo heroína 🦸‍♀️, acordei me sentindo mais Gente ! Mais humana , mais coração , mais feliz , mais completa , cheia de amor no peito . Tudo que mais quero é ter uma empresa que cresça e prospere para que eu possa empregar pessoas como a Ana Paula , que assim como ela só precisam de uma oportunidade para se erguer na vida . Eu ! Não contive as lágrimas ao ver a Ana Paula comer lixo na minha frente , eu nem percebi que o salão estava lotado ! Minha atitude foi imediata de pegar ela pelas mãos e entrar direto pra cozinha , para que ela comesse conosco na mesa . Chorei muito ao chegar em casa me senti tão útil na vida de alguém que me sorriu e disse dona Tatiana a senhora é um anjo ! Nem teve medo de mim . Como eu poderia sentir medo Ana da sua fragilidade! Você é gente como eu . Tudo que posso dizer é ! Fazer o bem é maravilhoso, é bom ser Bom ! É extraordinariamente maravilhoso praticar o Bem . Por favor amém mais ! Ajudem mais ! Não vamos esperar somente pelos governantes do nosso País ! Se cada um fizer um pouquinho teremos um País muito melhor . Vamos se amar , nos ajudar e amar ao próximo ! Vamos matar a fome juntos de quem tem fome . Independentemente da orientação sexual , vamos ser solidários . Considero justa , toda forma de Amar . Deus é conosco ! Obrigada de coração @jhessykamendess e @lilianpedroza só eu sei o que sentimentos juntos nesse momento . Hoje dia 30 de Maio a Ana Paula será empregada e fará parte sim da minha Equipe e vou ministrar curso para ela e ela terá profissão . Deus me capacitou para formar grandes profissionais e com ela não será diferente . Amém ❤️🙏🏻

A post shared by Tatiana Van campo ☀️ (@tatianavancampo_) on

Ações como a de Tatiana que nos mostram como mudar a realidade e a vida das pessoas ao nosso redor, após uma boa ação.

Fontes: SNB; G1


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Atibaia e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: atibaia@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui