Amor por polvos

O projeto, que a princípio surgiu na Dinamarca, ganhou o mundo através das redes sociais. O que chama atenção em todos os países que adotaram os tentáculos no tratamento de recém-nascidos é sua eficácia. Os bebês amam os polvos pois, seus tentáculos lembram o cordão umbilical que costumavam segurar durante a gestação. Sendo assim, os polvinhos ajudam, principalmente, os bebês prematuros.

Tentáculos de Carinho

Em Marília, o projeto foi implantado quando a Santa Casa recebeu uma doação de polvos porém, como cada criança quando recebe alta leva o objeto embora, eles acabaram rapidamente. Mas foi o suficiente para que alguns funcionários do hospital percebessem a importância dos tentáculos no tratamento dos bebês.

Passaram, então, a fazer campanhas nas redes sociais para receber doações de polvinhos.

“Temos recebido muito carinho das pessoas e, em forma de gratidão, postamos em nossas páginas.” Conta Ana Beatriz, uma das responsáveis pelas redes sociais do projeto que já recebeu doações de todo o Brasil.

Ana Luiza, Ana Beatriz, Ana Paula Mancine e Nathalia com os polvinhos recebidos

Você pode acompanhar e colaborar com o projeto através das redes sociais: Instagram e Facebook.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana como essa e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br


Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui