Chefe Minhão, como era popularmente conhecido o canadense Jean Paul Lebau, dará nome a uma praça em Marília. O projeto foi aprovado em votação na noite desta segunda-feira (16). O local escolhido para fazer a homenagem é a praça entre as ruas Joaquim Cavina e Cascata, na zona leste da cidade.

Projeto foi criado devido à importância e ao impacto que Lebau teve, já que foi pioneiro das atividades de escotismo em Marília.

Chefe Minhão comandou as atividades até 2001, mas deixou seu legado à comunidade escoteira (Foto: Reprodução/Folha de São Paulo)

História

Jean Paul nasceu em 1925, na cidade de Montreal, no Canadá, e iniciou suas atividades como escoteiro ainda jovem, no ano de 1938. Chegou ao Brasil na década de 1950, trabalhando como educador em um grupo ligado à Congregação.

Lá recebeu o nome de Irmão Hermínio, que futuramente daria origem ao apelido conhecido por todos. Minhão chegou em Marília em 1962, e logo começou a trabalhar no Colégio Cristo Rei, assumindo o grupo de escoteiros da escola. Além disso, assumiu as aulas de química, informática e desenho. 

Jean Paul conhecia a cidade como ninguém! Por quase 50 anos foi responsável pelas excursões, que incluíam trechos de 20 km e viagens até cidades vizinhas. As trilhas poderiam durar cerca de 25 dias e, por causa delas, o chefe Minhão tornou-se familiarizado com cada trecho, cachoeira e vale da região.

Em setembro de 2017, o escoteiro e professor, que estava vivendo em um juvenato, faleceu de causas naturais. Considerado por todos uma pessoa boa, carismática e simples, Jean Paul Lebau, o nosso chefe Minhão agora será eternizado tanto nas memórias quanto nas ruas de Marília.


Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Marília!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E, se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: su[email protected]

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui