Há sete meses, Ana Lúcia de Oliveira começou a construir seu sonho de mudar de vida. Aos 37 anos, abriu a Pão Nosso de Cada Dia, uma acolhedora marmitaria onde não importa o cardápio, tudo é servido com muito amor.

“Cozinha é meu amor, é a minha vida”. (Foto: Thábata Camargo)

A trajetória começou difícil. Desempregada e com seis filhos para cuidar, Ana procurava uma forma de ajudar o marido, Julio César, com as despesas de casa. A facilidade com a cozinha foi o estalo que faltava.

Falei para o meu marido, ‘Vou fazer marmita!’. Ele me olhou assustado e perguntou: ‘Da grande ou da pequena?’.

Contamos nossas moedas e começamos.

Entregou os R$12 juntados nas mãos do marido e pediu para ele comprar embalagens de marmita. Naquele momento, começava uma grande parceria.

O apoio de Julio e da amiga Néia era o que Ana precisava para botar a mão na massa, “Entramos com a fé e com a coragem, porque dinheiro não tinha”.

O apoio de Néia e Julio foi fundamental para Ana não desistir de seu sonho. (Foto: Thábata Camargo)

A mãe e a cozinheira

Instalou uma pequena produção em sua casa, mas as rotinas de mãe e de profissional começaram a se misturar. Ana logo foi atrás de encontrar um cantinho onde pudesse dedicar um tempo só para a cozinha.

Tudo que eu pego pra fazer primeiro tem que ter amor, depois organização.

A oportunidade de arrendar um lugar para a Pão Nosso veio logo depois. Apesar da dificuldade em manter o novo estabelecimento, mais uma vez a força e a fé falaram mais alto.

Muitas coisas na minha vida eu desisti, mas dessa vez eu não desisto. Esse sonho é meu e eu vou ficar com ele. Se Deus quiser vai dar certo!

A amiga Néia não poupa elogios e admiração pela luta da chef, “Ela se dedica muito, faz as coisas com amor. Para outras pessoas pode ser apenas um trabalho, mas para ela não”.

Foi por acaso, trabalhando em um mercado, que Ana apendeu a cozinhar para muita gente. Quem teve a oportunidade de provar sua comida jamais diria que era de alguém que nunca fez isso antes. Quando passava, a colega Vânia até brincava: “Lá vai a masterchef!”.

Bendito bife com batatas fritas

Não foram poucos os momentos de dificuldade, mas Ana garante que muito de sua vitória vem de seus fiéis clientes.

Não desistiram de mim, mesmo quando precisava entregar uma mistura mais simples. Tem gente que pega marmita todo dia para ajudar.

Ana não tem tempo ruim na cozinha, é toda ouvidos para os pedidos, elogios e críticas de seus clientes. O sucesso entre o público é a dupla bife e batatas fritas: “Se eu fizer todos os dias o bendito do bife acebolado com batata frita eles amam!”.

Uma pequena semente

Para Ana, a Pão Nosso simboliza conquista, uma pequena semente começando a brotar. É um exemplo de uma carreira que começou por necessidade, mas cresceu por amor.

A cozinha é o meu amor, é a minha vida. Muitas pessoas pensam só no dinheiro, mas tudo que a gente faz tem que ser com amor.

Sua próxima meta é unir dois sonhos, a de fazer seu negócio no ramo de marmitaria crescer e, através dele, conseguir conciliar a carreira de confeiteira, sua verdadeira paixão.

Sempre quis ter meu próprio negócio. Eu gosto de cozinhar e, se eu fiz bem feito para as pessoas até hoje, eu quero fazer por mim também.

Serviço

Marmitaria Pão Nosso de Cada Dia

Endereço: Rua Doutor Joaquim de Abreu Sampaio Vidal, 1135

Telefone: (14) 99700-9114

Facebook


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns te desejo todo sucesso do mundo que Deus te abençoe e realize seus sonhos em nome de Jesus ja deu tudo certo 👏👏👏👏👏

  2. Parabéns guerreira o céu é seu limite sucesso muito muito 🙏🙌🙌🙌💪💪💪💪14 998327649 ki.deliciagourmet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui