De origem muito humilde, Jaqueline Alveres, de apenas 24 anos, é uma jovem mariliense do Argolo Ferrão. Além de faxineira de túmulos, Jaque recolhe material reciclável desde os 12 anos de idade.

“A reciclagem foi o sustento da minha família por muito tempo, foi com ela que meus avós criaram os filhos e netos”

Jaqueline nasceu com algumas complicações no esôfago, o que impactou sua alimentação durante toda a vida e, consequentemente, sua imunidade. Mesmo com a saúde extremamente instável, ela nunca deixou de pegar no batente para ajudar sua família e perseguir seus sonhos.

“Há 3 anos, Deus me curou e, hoje, posso ter uma alimentação normal. Devo tudo a Ele, sou um milagre de Deus”

A jovem conta que já trabalhou como babá também e, há quatro anos, passou a trabalhar no cemitério junto de sua mãe.

“Esse trabalho vem de família. Minha avó, tias e primos já fizeram a função. Atualmente, minha mãe e eu somos as responsáveis por faxinar os túmulos”

Desde 2019 no Youtube, Jaque também produz conteúdo pro Instagram. Além dos vlogs no cemitério, que fazem muito sucesso, ela também conta de sua vida pessoal, compartilha dicas capilares e, sempre que possível, passa uma mensagem otimista e de muita fé para seus seguidores.

“Comecei gravando alguns stories falando sobre o trabalho. Algumas pessoas acham assustador mas gostam do meu humor pra falar sobre o assunto. É algo meio diferentão, né?”

Jaqueline tem muitos planos futuros e acredita que trabalhar na manutenção dos túmulos é apenas uma ponte que vai levá-la a alcançar seus objetivos, uma fase de transição para a jovem que sonha em tirar a mãe do aluguel e tirar sua carteira de habilitação.

“Trabalhamos como faxineira de túmulos por necessidade, muitos não dão valor. Não estamos ali por brincadeira ou esporte. Mas enquanto a casinha própria não chega, eu e minha mãe almejamos minha CNH pra não dependermos de ninguém e não passar mal com o sol mais.”

Acompanhe Jaqueline Alveres nas redes sociais: Youtube | Instagram

Agradecimento especial ao nosso grande amigo e leitor Ricardo Cândido pela sugestão de pauta.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana como essa e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br


1 COMENTÁRIO

  1. Aí meu core 💖 amei real e oficial. Gratidão pela oportunidade de contar minha história. Deus abençoe vocês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui