Um grupo de advogadas do projeto “Comissão OAB Por Elas” realiza atendimento gratuito para mulheres vítimas de violência doméstica em Marília.

A ação conta com sete mulheres que oferecem orientação jurídica. O atendimento é feito todas as segundas-feiras, das 14h às 17h, na Central de Polícia Judiciária.

A data foi escolhida para acompanhar o movimento de registro das queixas já que, de acordo com a polícia, grande parte dos casos de agressão acontece nos fins de semana.

O projeto conta com o apoio da Delegacia de Defesa da Mulher. A delegada Viviane Sponchiado é respnsável pelas orientações sobre aspectos criminais às vítimas. Além dela, outras advogadas ajudam nas questões cíveis.

projeto-violência-doméstica-cpj
Os atendimentos são realizados na Central de Polícia Judiciária (CPJ). Foto: Prefeitura de Marília/Divulgação

Vale ressaltar que nenhuma das advogadas que participam do projeto transforma os atendimentos em contratos particulares. As vítimas são orientadas a procurar outros profissionais ou serviços públicos.

Segundo a advogada Larissa Toríbio, presidente da comissão, o projeto pretende resgatar medidas que a antiga coordenadoria de Políticas Públicas para Mulher mantinha, como serviços públicos de assistência permanentes.

Outro desafio, de acordo com a advogada, é levar esse atendimento à zona rural e aos distritos da cidade e, ainda, expandir para os setores mais atingidos.

Serviço

Atendimento gratuito para vítimas de violência doméstica

  • Data: Todas as segundas-feiras
  • Horário: Das 14h às 17h
  • Local: Central de Polícia Judiciária – Rua Dr. Joaquim de Abreu Sampaio Vidal, 49

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui