Manoel Luiz tem 86 anos de idade e faz da pescaria no rio Campestre seu hobbie preferido.

É com duas varas de pesca, uma caixa cheia de artigos e uma bicicleta, que o Seo Luiz carpinteiro, como é mais conhecido, segue vários dias da semana ao rio que corta toda nossa cidade, o Campestre.

A bicicleta transporta o Seo Luiz, varas e diversos artigos de pesca

Pescar em um rio é algo que não deve surpreender ninguém. Mas a história fica mais interessante quando refletimos sobre dois pontos: Onde é o rio e o seu histórico popular.

Primeiro, não se trata de um rio aclamado por pescadores. Seu leito é raso e o ambiente urbano desconfigura um típico local para se fisgar peixes.

Segundo, diz-se (e aqui não fazemos juízo sobre o comentário popular) que o rio recebia há tempos atrás porções de esgoto da cidade. Isto, se assim o for, faz muitos anos. A cidade de Lins tem a incrível conquista de ter 100% do seu esgoto tratado!

O quê e como ele pesca

O rio tem águas transparentes. O leito calmo acolhe peixes de diversos tamanhos. São visíveis e não só eles: também pequenas tartarugas.


Seo Luiz, filho de portugueses, mas linense toda vida, usa basicamente 3 iscas: Pão molhado para pegar tilápia, minhoca para lambari e pequenos peixes para traíras. Geralmente chega por volta de 15h30. Mas é a noite que ele percebe que os peixes grandes são fisgados. Fica as vezes até as 21 horas.

Geralmente leva mais de 2 quilos do rio. Mas se engana quem subestima. Segundo Seo Luiz, já chegou a pegar peixe de 1,5 quilos. Na sua opinião seria estória de pescador? Ele afirma que é verdade!

Há quanto tempo pesca no local

Já são quase 10 anos pescando neste rio. Foi um dos primeiros a chegar ali. Não é um pescador solitário. As vezes, e mais recentemente, outras pessoas aparecem no rio para fazer o mesmo.

O destino dos pescados

É o coração bondoso do Seo Luiz que brilha. Ele disse não levar os peixes para casa. A amada esposa, Dona Eulália, não é “muito fã” de peixes. Foi aí que uniu o hobby com a solidariedade. Os peixes ele entrega a pessoas em vulnerabilidade.

“Preciso fazer o bem, sem olhar a quem e dar o que comer a quem tem fome e de beber a quem tem sede.” É nessa hora que o tom de voz firma demonstrando ser uma verdade do coração.

O profissional e atleta

Seo Luiz é carpinteiro e pedreiro. Quer mais? Sim, ele tem mais na biografia. Gosta de corrida e inclusive já foi campeão de competições.

Pai de 6 filhos, ele é vigoro, apesar da idade. Tem disposição invejável e dono de uma simpatia absolutamente louvável.


Todo mundo tem uma história! Tem sido gostoso conhecer as pessoas que participam da nossa cidade, você concorda? Quem você gostaria de ter a história contada pela Solutudo Lins? Diga pra gente nos comentários.

4.8/5 - (12 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui