Mais do que um cartão postal da cidade, a Avenida Nove de Julho representa desde sua inauguração até os dias atuais o ideal de progresso que nossa Jundiaí experimentou nas últimas décadas.

Repleta de histórias desde antes de sua construção, a Avenida carrega até mesmo em seu nome um dos acontecimentos históricos mais marcantes para os paulistas: o início da Revolução Constitucionalista de 1932, episódio em que Jundiaí teve importante papel, e que inspirou até mesmo o nosso hino, vejam só!

Mas para falar sobre a Revolução de 1932, deixamos a responsa para este documentário com cerca de 1h de duração, que você pode acessar clicando aqui. Nele, o episódio de quase 90 anos atrás é contado tintim por tintim.

Já sobre a história de nossa querida Avenida Nove de Julho, essa pode deixar que nós mesmos te contamos! 🙂

avenida ou rua mais bonita de jundiaí
Que maravilha de cartão postal para quem chega à cidade, hein? 🥰👏 (Foto: PMJ/ Reprodução)

Pelo progresso

A história da avenida começou pouco mais de 40 anos depois da Revolução de 1932, com o início da administração do prefeito Íbis Cruz, que deixou para Jundiaí importantes progressos nas áreas de saneamento básico e planejamento viário.

À época, com o crescimento populacional e econômico da cidade a cada ano mais latente, a prioridade era ligar diferentes pontos da cidade através de grandes avenidas. Tanto é que as atuais grandes vias de nossa cidade foram construídas ou planejadas na administração de Cruz: desde a Avenida Nove de Julho e a Avenida Marginal do Rio Guapeva (atual Avenida 14 de Dezembro), até a Avenida Radial Leste, hoje denominada Avenida dos Imigrantes Italianos.

A Avenida Sorocabana (Av. União dos Ferroviários) foi a única tirada do papel anos depois. (Foto e informações: Acervo Prof. Maurício Ferreira/ Sebo Jundiaí/ Reprodução)

E a região em que, até meados de 1974, era apenas um ‘brejo’ do sinuoso Córrego do Mato, nos limites do centro da cidade durante a 2ª metade do século XX, em pouco tempo foi transformada em uma das principais – e mais bonitas – vias de Jundiaí.

Você, aliás, já imaginou a Nove de Julho assim? 👇😅

Lago da Vila Iracema em 1930 – Ficava entre a Rua Raquel Carderelli e o Jundiaí Shopping. Casais de namorados, famílias inteiras e amigos se divertiam no tanque que era formado por minas ainda existentes. O lago permitia passeios de barco e até mesmo jangadas feitas de uma planta chamada ‘pita’, bastante comum no Anhangabaú, segundo relatos. O Lago foi soterrado quando da construção da Avenida Nove de Julho. (Foto e informações: Acervo Prof. Maurício Ferreira/ Sebo Jundiaí/ Reprodução)

Agora, olha que curiosa essa outra foto tirada ainda do início das obras da Nove, em 1974: aquelas duas árvores ao fundo e à direita são as paineiras onde, anos mais tarde, foi construído o Shopping Paineiras!

avenida ou rua mais bonita de jundiaí
Legal, né? 🤗 (Foto e informações: Acervo Prof. Maurício Ferreira/ Sebo Jundiaí/ Reprodução)

Esse grande galpão localizado à direita desta foto tirada em 1975 era o da Indústria Vigorelli, onde décadas mais tarde foi construído o Jundiaí Shopping:

avenida ou rua mais bonita de jundiaí
(Foto e informações: Acervo Prof. Maurício Ferreira/ Sebo Jundiaí/ Reprodução)

Essa mesma região hoje está assim, ó: 👇🤩

Já aqui, à esquerda, vemos a Avenida Nove de julho em 1976, na esquina onde hoje é o Edifício Nino Plaza, na Rua Abílio Figueiredo. Ao fundo da imagem, no sentido do final da avenida se vê a Indústria Vigorelli, onde hoje se localiza o Jundiaí Shopping. Na imagem à direita, temos a vista atual da Avenida a partir do mesmo ponto anterior. 😮

avenida ou rua mais bonita de jundiaí
A Vila Ana no final da Avenida Nove de Julho em 1976. (Foto e informações: Acervo Prof. Maurício Ferreira/ Sebo Jundiaí/ Reprodução)

E para encerrar nosso tour nostálgico pela Avenida Nove de Julho, veja à esquerda como ela era em meados dos anos 1980. O terreno vazio logo na parte de baixo da foto é onde hoje fica o Posto Bate Bola, e a grande área à direita hoje é o Beco Fico, Burger King e afins.

Pela foto atual de satélite (à direita) dá pra ter alguma noção do quanto de coisa mudou em 40 anos:


Eeeita, que viaaagem no tempo, hein! 😁 E você, o que achou de revisitar o nosso passado? Já sabia de tuudo isso, ou mesmo já tinha visto essas fotos antes? Conta pra gente aqui embaixo nos comentários! E um ótimo feriado de 9 de julho pra você! 🤩🙏


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem alguma informação bacana de Jundiaí e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: jornalismo.jundiai@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui