Olha que oportunidade bacana! O Grupo Alumiah Teatro, que montou a peça “Eu sou Anne Frank – estripulia teatral em cinco quadros e uma chegança” durante o 3º Festival de Teatro de Jundiaí (Festeju), ministrará uma oficina gratuita de exercícios cênicos neste sábado (9) a partir das 10h no Complexo Fepasa. E ó, as inscrições já estão abertas!

A oficina – oferecida como contrapartida pela participação no Festeju –, será aberta ao público em geral, principalmente estudantes de Teatro e atores. Uma de suas propostas é a de apresentar uma série de exercícios cênicos que permitirão aos participantes desenvolver a percepção, ritmo, atenção e presença de palco para uso em cena. Por isso, não esqueça de ir com roupas confortáveis, ok? 😉

O Festeju

O Festeju é uma iniciativa da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), em parceria com o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) e a Câmara Setorial do Teatro. O projeto começou em 2017, visando o fomento da linguagem e dos artistas ligados à arte do teatro e, neste ano, contou com espetáculos teatrais profissionais, amadores e estudantis nas Cenas Amadora e Profissional e categorias infantil, infanto-juvenil e adulto, além de debates e oficinas práticas nos espaços culturais da cidade.

Recorde do Festival

Pela Cena Profissional, se inscreveram grupos com pelo menos setenta por cento dos integrantes com registro profissional da categoria na Delegacia Regional do Trabalho (DRT). Já pela Cena Amadora se apresentaram grupos livres ou estudantis compostos de pelo menos 80% de integrantes sem registro profissional. Ao todo, foram 108 grupos inscritos para a Cena Profissional e 25 para a Cena Amadora, um recorde.

Seis integrantes do Grupo Alumiah Teatro, todas mulheres, encenando uma peça teatral numa sala com pouca iluminação, com um varal cheio de roupas ao fundo e ao centro da sala uma escada aberta rodeada de livros.
O grupo foi um dos participantes do Festival na categoria Cena Profissional (Foto: PMJ/Reprodução)

Premiados

Foram 15 as categorias premiadas no dia 22 de setembro, no encerramento do Festival. Você pode conferir os vencedores no site oficial do Festival. “O festival vem num movimento crescente, com recorde de peças inscritas e maior participação nas rodas de conversa e oficinas. Isso é muito importante porque, para termos um festival de teatro como política pública, é importante que haja essa formação e discussão sobre o fazer teatral, seja para amadores ou profissionais”, enfatizou na ocasião o gestor da Unidade de Gestão de Cultura (UGC) de Jundiaí, Marcelo Peroni.

Viva o teatro!

Já viu que a oficina vai ser de altíssima qualidade, né? Então não perca tempo e faça já a sua inscrição! Lembrando que a oficina será no próximo dia 9 de novembro, sábado, a partir das 10h no Complexo Fepasa, que fica na Avenida União dos Ferroviários, 1760, Centro.

Faça sua inscrição pelo formulário.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Prefeitura de Jundiaí
Foto: Reprodução/Facebook


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Jundiaí e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui