Imagina um dia no ano em que cidades do mundo todo se desafiam ao mobilizar o máximo de pessoas possível, de todas as idades e condições, para praticar atividades físicas? Muito legal, né? Essa é justamente a proposta do Dia do Desafio, uma iniciativa que nasceu lá no Canadá no ano de 1983 e é realizada no Brasil desde 1995.

A cada 3 anos é realizado um sorteio entre as cidades participantes – são mais de 3 mil só na América Latina -, para definir as duplas que se desafiarão nesse período. Desde 2018, Jundiaí desafia a cidade venezuelana de Maracay, capital do estado de Aragua.

A proposta neste ano, no entanto, é diferente: com a impossibilidade de práticas esportivas em conjunto em locais públicos, o desafio não será entre cidades não, mas sim, de cada pessoa contra o sedentarismo!

Bora se movimentar? 🏃‍♂️💃

O movimento neste Dia do Desafio não pode parar! Perfis como os do Sesc publicam todos os dias pequenos desafios em vídeo, propostos e orientados pelos próprios professores das unidades da rede. Você pode dar uma olhadinha lá pelo Instagram @EsporteSescSP:

Zumba

Essa iniciativa do Sesc se soma com tantas outras de profissionais e academias que, desde o início da quarentena, incentivam a prática de atividades físicas em casa.

Exemplo disso são as aulas de zumba do professor Deivid Porfirio Fonseca, que antes da pandemia ministrava aulas gratuitas nas quadras do Jd. Tarumã. Ele conta que a ideia das aulas online surgiu logo no começo da quarentena. “A ideia desde o início foi ajudar as pessoas em casa a fugir do sedentarismo e claro, se divertirem dançando em casa.”

Maria Aleixo, uma de suas alunas, comenta que antes do isolamento já era adepta das atividades físicas: além das aulas nas quadras do Jd Tarumã com o professor Deivid, ela ainda participava de treinos funcionais e dança em outros locais públicos e em uma academia da cidade. “Dançava praticamente todos os dias da semana, e de domingo ainda participava de aulões. Hoje, as lives têm ajudado demais! Todos os dias, das 19h às 21h participo de várias, pois conheço muitos professores”, comenta.

As aulas do professor Deivid são realizadas pelo Facebook de segunda-feira a sexta-feira às 20h, e pelo Instagram às terças e quintas-feiras às 18h30, e tem entre 30 e 50 minutos de duração. “Está sendo uma experiência ótima, tive que conhecer mais as redes sociais e com isso a gente abrange nosso leque de amizade e também divulga mais as aulas. E também ajudo as pessoas em casa a não ficarem paradas”, comemora.

Alessandra Okada também passou pela experiência de ter suas aulas presenciais transformadas em virtuais. Ela explica que dava aulas na Associação de Moradores do Eloy, como uma forma de retribuição à comunidade de tudo o que recebeu dela – em inglês, essa prática é conhecida como give back, que significa “devolver”, “retribuir”.

“No caso da Zumba, a pessoa se descobre, passa a ter mais consciência corporal. Em um pequeno espaço de tempo e de maneira lúdica ela lida com suas limitações e potencialidades. E todo final de aula aproveito esse canal aberto pela atividade física e conversamos por um minuto sobre esse potencial”, conta Alessandra.

Desde a segunda semana do isolamento social, Alessandra faz aulas abertas pelo Facebook todas as sextas-feiras, às 18h. “A experiência é maravilhosa, pois tenho esse contato com as alunas, e até com pessoas novas”, lembra.

#SoluDesafio

Perguntamos pra galera lá no nosso Insta como está a prática de atividades físicas delas e, olha, o povo tá se movimentando! Tem funcional online, caminhada pelo prédio, zumba, aerohit e até um tal de levantamento de garfo… alguém aí tá fazendo também? 👀 hahaha

Ah, e nós aqui da Solutudo também entramos nessa onda, viu? Ó, nossos parceiros de academia mandaram desafios em vídeo e publicaremos ao longo de toodo o dia eles lá nos stories do @solutudojundiai! Dá uma olhadinha e movimente-se conosco! 💪💜


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui