Palavras como ‘adaptabilidade’ e ‘flexibilidade’ estão em alta há um bom tempo, e com certeza em algum momento você já as ouviu. Isso porque são habilidades que os empregadores já buscam para seus quadros a fim de enfrentar os desafios de uma era hiperconectada e cheia de oportunidades.

E, o que era tendência virou urgência com as drásticas mudanças trazidas pela pandemia do novo Coronavírus. O trabalho no esquema home office virou uma necessidade pra agora, e em muitas situações, foi preciso mais do que adaptação e flexibilidade por parte de gestores e funcionários… E agora, como se virar nesse cenário ainda novo e de certa forma incerto?

Habilidades de hoje, para o futuro!

A consultora e coach vocacional e de carreira Irani Dutra, nas últimas semanas, trilhou um caminho conosco, dando dicas para tomar decisões em momentos de incerteza, como este que enfrentamos, explicando como deve ser realizada uma busca com real propósito para nossa vida e carreira, os passos a serem dados quando erramos e, agora, com as habilidades que precisamos!

Ela afirma que, além de adaptabilidade e flexibilidade, os empregadores neste momento buscam outras características já bem conhecidas, como trabalho em equipe, proatividade, resistência, otimismo, criatividade e inovação. Você pode e perguntar: então nada mudou, já que tais habilidades já eram procuradas? Na, na, não! O que era apenas um diferencial, a partir de agora se torna essencial! E aqui está a chave para compreendermos a importância de bem desenvolvermos cada uma dessas habilidades!

Seja mais que amigo dela!

Outra habilidade que será crucial para esses novos tempos será o entusiasmo com a tecnologia! “Nós vamos precisar de muita gente boa nisso, e a maioria dos jovens já está ligada, já gosta de tecnologia. Mas que sejam de fato entusiastas em tecnologia, fazendo cursos, se especializando e criando. Todas as profissões vão exigir o uso da tecnologia”, afirma Irani.

desenvolva suas habilidades na tecnologia! ela, mais do que nunca, será utilizada nas mais diversas áreas.

E sabemos da infinidade de cursos relacionados, né? E aí, diante de tantas opções, como escolher o mais adequado? “Se você não sabe qual a sua essência não dá pra escolher tudo, porque realmente são muitos, e que serão úteis nas mais diversas áreas, sem exceção: do mercado de criação de sites e aplicativos à telemedicina.”

Autoconhecimento: realmente é tudo!

Pois é, já tivemos esse papo há algumas matérias atrás. ? Para ter uma decisão certeira, e mais do que isso, uma decisão consciente, é preciso, além de conhecer o curso, se conhecer. “Assim, sabemos o que queremos e onde queremos chegar. Melhoramos a confiança em nós mesmos e desenvolvemos a autoestima. Tem muito jovem que diz que não pode, não consegue, não merece… isso por alguém ter falado coisas negativas e que não é nada disso“, lembra a consultora.

Quem não se conhece, quem não sabe ter objetivos claros, nem sonhos e metas, muito menos um projeto de vida, quem não tem um plano de ação, dificilmente conseguirá ter uma carreira de sucesso ou resultados.

Bônus: perfil empreendedor

Irani ainda deixa um bônus, para se destacar onde quer que esteja ou almeje chegar: não deixe de desenvolver um perfil de empreendedor, com habilidades de liderança! E se engana quem pensa que para ter um perfil de empreendedor é preciso ter um CNPJ, viu? “Você pode estar empreendendo, ter uma cabeça, um mindset empreendedor dentro de uma empresa. Tenha o desejo de realizar, de ser o primeiro a querer ajudar, e pensar como pode resolver tal problema. Se arrisque sempre no sentido da proatividade, com a capacidade de analisar e tomar uma atitude“, explica.

Um outro passo importante é o desenvolvimento da chamada inteligência emocional, que trata diretamente com o modo de lidar com as outras pessoas. A coach reflete ainda que os analfabetos do século XXI não são os que não sabem ler ou escrever, “mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender”. “Tenha uma mentalidade de aprendizado contínuo, ou Lifelong learning, que é: o importante não é o quanto você sabe, mas o quanto você está disposto a aprender.”


Finalizamos assim, olhando para o futuro, que começa hoje, a nossa Série Carreira, com nossa querida amiga e excelente profissional Irani Dutra! E aí, no que essas dicas te ajudaram? Conta pra gente aqui embaixo nos comentários! ?


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui