Você também pode ouvir este conteúdo! 🎧

A rede social é um espaço democrático e livre, porém, é necessária cautela no que se posta, principalmente quando o seu perfil pode ser visto a qualquer momento por empresas num processo de contratação. Com a pandemia da Covid-19, a tecnologia entrou ainda mais em ação – e com os processos seletivos não foi diferente.

As empresas se beneficiam das redes sociais para otimizar tempo nos processos com informações atualizadas, e estão cada vez mais usando as redes sociais dos candidatos para análises de perfil e comportamento para tomarem a decisão para seguir com a seleção.

Como vimos, as redes sociais têm um grande peso, e é uma excelente oportunidade para usá-las a seu favor. Aqui trago alguns cuidados que é bom ter nas redes para não prejudicar a sua reputação no mercado de trabalho.

Fique atento aos comentários

Falar mal de líderes, colegas e empresas que já trabalhou não é legal. A ética, sobretudo, precisa prevalecer. Ninguém quer contratar um profissional que fale mal do trabalho anterior. Se fala mal do anterior, a chance é alta de falar do atual.

Com algumas palavras de desabafo e imagens, é possível identificar o perfil comportamental de determinada pessoa. É importante levar em consideração que muitos desligamentos ocorrem por comportamentos inadequados por parte do colaborador que compromete a imagem da empresa.

(Foto: Reprodução)

Compartilhar informações

Cuidado com as informações compartilhadas. Controle a ansiedade em “jogar a informação” nas redes, principalmente quando forem suspeitas de ser fake news, quando você pode ser um corresponsável em propagar informações não verdadeiras e ser prejudicado.

Julgamentos e preconceitos

Quando os recrutadores conseguem aliar redes sociais e mercado de trabalho nos processos seletivos, eles se resguardam de possíveis atitudes negativas de um futuro colaborador. Se o candidato se comporta mal nas redes sociais, tem grande chances de agir da mesma maneira na empresa.

Falta de educação, arrogância, preconceitos, agressividade e julgamentos são atitudes imaturas e muitas pessoas não acreditam que estão “plantando” uma imagem negativa para si mesmo.

Erros de ortografia

Normalmente são vistos nas redes sociais muitas palavras abreviadas, erros graves de escrita, vícios de linguagem… Entende-se, na maioria das vezes, que ali é um espaço informal. Porém, precisamos tomar muito cuidado com a escrita, pois um recrutador pode observar a ortografia e não dar seguimento na seleção.

Em um ambiente corporativo é fundamental a escrita correta, respeitando os acentos, pontuações, parágrafos, etc. Claro que, às vezes, temos alguns deslizes, mas tem que ser a exceção, e não a regra.

Dica extra: para melhorar a escrita e a fala, comece a ler mais. Ajuda muito! 😉

(Foto: Reprodução)

A primeira impressão é a que fica!

Esse pode ser apenas um detalhe em um processo de recrutamento e seleção, mas a avaliação da foto de perfil é o cartão de visita de um candidato. Mantenha uma boa foto de perfil para facilitar a visualização do recrutador.

Já escrevi aqui um texto sobre a maior rede social profissional do mundo, o LinkedIn, com dicas para se destacar na rede social, e lá mencionei a importância da foto de perfilclique aqui e leia!


Se for prudente, reavalie a sua postura nas redes sociais e faça as mudanças necessárias. Nunca é tarde para se transformar e evoluir, entendendo de fato o que deve ser postado e o que deve ser evitado nas redes sociais.

Afinal, as empresas buscam por profissionais comprometidos com uma postura adequada, respeito e ética. 😊

E aí, como você tem se comportado nas redes sociais?

Um abraço e até a próxima!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui