Você também pode ouvir esse conteúdo! 🎧

Realmente 2021 nem começou e não tem sido nada fácil. Infelizmente o avanço da pandemia e consequentemente o aumento nos casos pela transmissão do vírus Sars-CoV-2, causador da COVID-19, tem crescido muito no Estado de São Paulo. 📈

As novas medidas do Plano São Paulo de Retomada Econômica avançaram para a Fase Emergencial, trazendo ainda mais restrições e junto o fechamento de estabelecimentos comerciais – ocasionando mais desempregos e a diminuição de oportunidades. 🙈

Diante deste cenário nos pegamos pensando em como podemos nos destacar, conseguir visibilidade, e o mais importante, como não cair no esquecimento. Afinal de contas, um dia tudo isso vai passar e precisamos estar de pé para aproveitar as milhares de oportunidades que vão aparecer. 🙏😌

Sei que você chegou até aqui pensando nas dicas de como ter destaque nas redes sociais; porém, antes disso, temos um caminho a trilhar. Minha proposta com esta coluna é trazer as dicas de marketing pessoal de forma linear, onde cada texto complemente o outro. Tenha paciência, logo chegamos nas redes sociais.

Aproveite e acesse meu último artigo “O que é Marketing Pessoal” – clique aqui. 😉

Enquanto tudo isso não passa, vamos juntos aproveitar este canal para pensarmos em estratégias e dicas de como ter mais visibilidade, ganhar notoriedade e credibilidade dentro do seu segmento de atuação.

Antes de mais nada é necessário que você identifique qual é o seu real segmento de atuação e onde você quer chegar. Independente de ser uma promoção no trabalho, um novo emprego ou abrir seu próprio negócio.

(Foto: Reprodução)

Como desenvolver uma estratégia de marketing pessoal

Muitas pessoas se pegam com dúvidas do que realmente elas querem fazer da vida. Ganhar dinheiro é consequência, mas, como VOCÊ pensa em ganhar dinheiro para se sustentar?

1. Definindo os objetivos

Assim como acontece com as marcas e empresas, o primeiro passo é identificar qual é a sua missão, visão e valores.

Dessa maneira, se a resposta fizer sentido real para você, vai ser muito mais fácil para que as outras pessoas te enxerguem da maneira como você quer que elas te vejam.

Definir a sua persona e buscar entender suas habilidades é muito importante para começar a traçar os seus objetivos.

2. Faça uma autoanálise

Se encarar de frente para o espelho e fazer a pergunta ‘QUEM SOU EU?’ nem sempre é fácil, pois temos medo de ouvir a resposta.

Mas agora que você já sabe o que você quer da vida, seguindo a dica 1, é hora de identificar através de uma auto avaliação se você está efetivamente preparado para encarar os novos objetivos. Não basta querer, tem que saber se você tem aptidão, capacidade técnica e conhecimento para desenvolver tal função, se candidatar para determinada vaga ou abrir um negócio que exige conhecimento específico.

Exemplo: Eu sempre sonhei em ser um jogador de futebol de sucesso. Você sabe jogar bola? Você treina? Como é seu desempenho? Você tem contato com os clubes para participar dos “peneirões” (famosos testes para entrar no time)? Conhece as regras “futebolísticas”? E por aí segue um monte de questionamentos que você precisa se fazer.

Com isso você vai identificando suas forças e fraquezas, para descobrir onde deve melhorar, o que precisa estudar, aprender e desenvolver.

Aliás, você já ouviu falar na matriz SWOT? Ela é uma excelente ferramenta que eu uso nas minhas consultorias, para identificar os pontos altos e baixos da pessoa e dali começar a traçar uma estratégia.

3. Se recicle – conhecimento nunca é demais

Com o avanço das tecnologias, as novas necessidades do mercado e a concorrência, vai se destacar quem estiver mais bem preparado, certo?

Então não adianta cursar uma faculdade e cruzar os braços, fazer um curso e não buscar especializações. Hoje em dia o que mais se é cobrado é o conhecimento e a coerência do segmento estudado.

(Foto: Reprodução)

Aliás…

Como anda seu currículo? Quando foi que você fez seu último curso, workshop, treinamento?  Aliás, quando foi a última atualização do seu LinkedIn? Não tem conta no LinkedIn ainda? Precisamos conversar a respeito, mas isso é assunto para um outro artigo. 😉

A pandemia vem como uma oportunidade para que a gente pare, respire, se autoanalise e corra atrás do tempo perdido. Hoje temos milhares de oportunidades de se reciclar direto pela internet, de forma gratuita. Temos o YouTube, livros, e-books, palestras, lives, workshop à disposição – é só buscar no Google.

Essa é a sua chance de investir em você. Faça um curso, uma pós-graduação EAD, um MBA, uma especialização, enfim – invista no seu futuro.

Pense seriamente em passar por uma consultoria personalizada de marketing pessoal.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui