Uma das relíquias de Botucatu, sem dúvida alguma, é o Café Tesouro. Sabor, tradição e uma história que se aproxima de 100 anos. Na boca do povo, muitas vezes surgiu a pergunta: como é a história dessa marca que espalha o aroma de café pela cidade? A Solutudo foi descobrir. =]

Os primeiros grãos

Em Janeiro de 1926, o Sr. João Spenciere, escriturário, moço de altos ideais, teve a feliz idéia de montar em Botucatu, uma torrefação de café.

Seria na época, em toda a região de Botucatu, a primeira empresa instalada com a finalidade de industrializar o café e entregá-lo pronto para o consumo. Isso em época que todo lar possuía um torrador de BOLA ou CILINDRO e um moinho manual para a torra e a preparação ou moagem do grão para consumo. Era uma verdadeira aventura, um pulo no escuro, e a indústria que nascia já encontrava pela frente o fantasma do costume tradicional de consumir somente o café preparado em casa.

Relíquia guardada dentro da empresa mostras as raízes que fizeram o Café Tesouro ser tão forte

Um novo dono, um velho nome

A industria iniciada por João Spenciere, passou pelas mãos de outros proprietários, até que 22 anos mais tarde, ou mais precisamente em Janeiro de 1948, o empresário Sr. Palleóloge Guimarães comprou a empresa e manteve a marca TESOURO.

O negócio prosperou e, em 16 de Abril de 1961, o Sr. Palleóloge Guimarães, modificou a estrutura da firma, fazendo sociedade com seus filhos, passando a indústria a girar sob a denominação de P.Guimarães & Filhos Ltda. Em Março de 1967 faleceu o Sr. Palleóloge Guimarães, passando a firma a girar com a denominação de CAFÉ TESOURO LTDA, sendo seus proprietários e diretores os Srs. Augusto Guimarães, Celso Marques Guimarães e Paulo Guimarães.

Celso Marques Guimarães é o atual presidente do Café Tesouro

A mudança do Centro para o endereço atual

Nesta época, entre 1970 e 1975, a indústria estava instalada à Rua Curuzu, 483, no centro da cidade, porém o cheiro e a fumaça incomodaram a população. A partir daí a diretoria da empresa começou a procurar local para se construir uma nova indústria, com as instalações apropriadas. No início de 1975, inaugurou-se as novas instalações, à Rua Palleóloge Guimarães n. 931, Vila Paulista, com os mais modernos equipamentos de torração e moagem de café da época.

O segredo do sucesso

Muita gente se pergunta: por que o Café Tesouro faz tanto sucesso? Atualmente, ele é vendido em dezenas de cidades da nossa região, com produção diária que pode chegar a 4 toneladas. E a explicação está na qualidade.

“A gente prioriza uma seleção do Café de alto nível na hora da compra. Além disso, temos um rigoroso processo higiênico, o que já nos rendeu até prêmios nacionais. É tudo feito com paixão”, contou o presidente Celso Guimarães.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

1 COMENTÁRIO

  1. Meu Prof. de Portugues na Esc Industrial, grande Oswaldo Minicucci, usava a propaganda – nem que chova TEM po – para ensinar a concordancia do verbo TER. Dizia = O CORRETO E NEM QUE CHOVA HA PO (1963). Simples exemplos marcam nosso ensino..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui