A cidade de Botucatu é maravilhosa e reúne histórias e acontecimentos curiosos. Muitos deles populares outros nem tanto. Nessa postagem separamos dez curiosidades que transformaram Botucatu na princesa da serra.

Abaixo listamos alguns fatos populares, outros nem tanto e resgatamos um pouco da história da cidade e suas personalidades.

Confira a lista de curiosidades sobre Botucatu

1 – Danilo Gentili é Filho de Botucatuense – O humorista e apresentador de Talk Show, Danilo Gentili (foto), é filho do botucatuense homônimo. Seu pai era técnico em máquina de escrever e casou com Guiomar Gentili, dona de casa de Minas Gerais.

Gentili passou parte de sua infância na Terra dos Bons Ares e das Boas Escolas e lembrou esse passado durante uma entrevista com o cantor Fábio Júnior, em 2018. Segundo informações do Centro Cultural de Botucatu, Gentili é parente de Luiz Simonetti famoso fotógrafo local.

2 – O Médium que levitava – O Médium Carmine Mirabelli nasceu em Botucatu no dia 2 de janeiro de 1889, e morreu conforme ele mesmo previu em 30 de abril de 1951. Mirabelli fundou o Centro Espírita São Luiz, em 25 de agosto de 1917. Desse modo sua fama se deu através da materialização de espíritos, telecinesia e a capacidade de levitar.

Considerado charlatão por alguns e misterioso para muitos era comum convidar pesquisadores, historiadores e cientistas para suas sessões. Era amarrado e, apesar de imobilizado, fazia aparecer ossos e materializava pessoas falecidas. Nunca se escondeu da ciência e seus dons são pesquisados até hoje

3 – Primeira Cidade a Receber a Sabesp – Botucatu foi o primeiro município a ser operado pela Sabesp, em 1974, portanto, abriga a sede da Unidade de Negócios do Médio Tietê, composta por 33 municípios.

Desde o início a Sabesp investiu para que Botucatu tivesse níveis elevados de saneamento básico. Devido a isso trabalha pela despoluição de todos os córregos que cortam a cidade.

4 – O Leite de Saquinhos Nasceu Aqui – Em meados da década de 1960 a Comunidade Belga de Botucatu criou o Laticínio Belco, primeiro no Brasil a produzir leite embalado em saco plástico. O popular leite em saquinho.

Os derivados de leite da marca Belco alcançaram renome no Estado de São Paulo. Anos mais tarde, o laticínio foi absorvido pela então companhia “ Leite Paulista”.

5 – Autora de Éramos Seis é botucatuense – A escritora Maria José Dupré, nasceu em Botucatu no dia 1 de maio de 1898. Ela ficou mundialmente conhecida como autora do clássico Éramos Seis, e a série de livros infantis “Cachorrinho Samba”.

Ainda em Botucatu, estudou música em aulas particulares e pintura no Colégio dos Anjos. A antiga casa de Dupré (foto acima) é onde hoje fica hoje a Escola Industrial.

Casa onde morou Maria José Dupré,
Casa onde morou Maria José Dupré, hoje é a escola Técnica Domingos Minicucci filho, a Industrial

Chegamos ao meio da lista

6 – Terra Natal de Novelista da Globo e SBT – O escritor e novelista Alcides Nogueira Pinto, nasceu em Botucatu em 28 de outubro de 1949. Ele ganhou o Emmy Internacional de Melhor Telenovela em 2011 por “O Astro”.

Em 2008, escreveu a novela Ciranda de Pedra. Alcides também desenvolveu várias peças de teatro e diversas novelas, para a Rede Globo de Televisão e SBT.

7 – Um Botucatuense na Copa de 1970 – O jogador de Futebol José Maria Rodrigues Alves, mais conhecido como Zé Maria, nasceu em Botucatu em 1949 e foi um dos jogadores a conquistar a Copa do Mundo de 1970. Atuando na suplência de Carlos Alberto Torres.

Atuou como titular da Seleção na Copa de 1974. Posteriormente, em 1978 voltou a ser convocado como titular para a Copa, porém, uma contusão o tirou da equipe.

8 – A Capital do Cinema – Durante a década de 1950, a cidade era conhecida como “Cidade do Cinema”. Na época concentrava distribuição de filmes do Interior, graças ao empreendedor de Emílio Peduti.

A posição estratégica do município junto à linha férrea, garantia a distribuição dos rolos de filmes através de trens. Peduti tinha uma rede de cinemas com mais de 70 salas espalhadas pelo Estado de São Paulo, Norte do Paraná e Mato Grosso.

9 – A Trilha Inca do Peabiru – A trilha sagrada conhecida como Caminho de Peabiru, garantia uma viagem rápida até o Peru. Portanto, seu tronco principal ligava o Atlântico ao Pacífico, por volta de 1.300.

Um de seus ramais partia de São Vicente, no litoral, e seguia até a nossa Botucatu. O caminho se perdeu, porém, hoje a história é tratada como lenda local.

Mapa do Peabiru
Confia o Mapa da Trilha Inca do Peabiru, que passa por Botucatu

10 – A Abdução de João Valério – Um dos mais famosos casos de abdução por supostos alienígenas aconteceu em Botucatu no dia 29 de novembro de 1982. De acordo com a história, o porteiro João Valério de Souza ouviu um barulho no quintal e antes de mais nada foi verificar. Posteriormente, no local presenciou uma luz forte que o carregou para o interior de uma nave.

Valério estava sob a copa de uma árvore que ficou queimada em forma de círculo. Quando o porteiro voltou para casa estava untado com um óleo que exalava enxofre.

De acordo com Valério no programa o Céu é o Limite do apresentador Flávio Cavalcanti, líder de audiência na época, os alienígenas o levaram para outro mundo.

E você? Conhece alguma curiosidade sobre Botucatu? Não a guarde comente em nossa página no Facebook.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui