O aspecto medieval e torres em estilo gótico da Catedral Metropolitana de Botucatu, fazem dela a grande atração do Centro Histórico de Botucatu.

Chamada de Basílica Menor de Santana, é em frente a ela que se concentra as grandes atrações do município. Enfim, é lá que acontece as festividades de aniversário da cidade e a tradicional Festa de Sant’Ana.

Ponto de encontro da juventude botucatuense a praça Dom Luiz Maria de Sant’Ana serve de moldura para a Igreja Matriz. Entretanto, entre os meses de junho e agosto tem a paisagem ainda mais atraente devido à época de florada dos Ipês.

A construção imponente, na parte alta da cidade, localizada na avenida Santana, atrai turistas e chama atenção para o complexo de prédios históricos que a rodeia. O chão rústico de paralelepípedos é uma curiosidade à parte.

Você pode até conhecer a Catedral por dentro e por fora, mas, definitivamente, sempre tem aquela história escondida. Nessa postagem vamos enumerar dez curiosidades sobre a Catedral Metropolitana de Botucatu.

Confira as curiosidades

1) Irmãs – A Catedral de Botucatu é muito semelhante à Catedral da Sé, em São Paulo e isso ocorre porque as igrejas foram projetadas pelo mesmo engenheiro, Cav. J. Sachetti.

2) Vitrais com brasilidade – Na década de 1970 o arcebispo de Botucatu dom Vicente Marchetti Zioni, instalou na Catedral 12 vitrais, inspirados na obra do pintor Antônio Pain Filho, retratando de forma brasileira a figura de Nossa Senhora, os vitrais ainda estão na Catedral para serem apreciados sob os títulos de Madona do Sabiá, Virgem do Maracujá, Madona da Roça, Virgem das Samambais, Virgem da Orquídea, Virgem do Cruzeiro, Madona do Cafezal,, dentre outras.

3) Cores – O interior da Catedral já teve outra cor, era azul claro com detalhes em rosa. No início dos anos 2000 ela recebeu as cores que apresenta hoje.

4) Manutenção da cruz – A cruz que fica no alto da torre esquerda ficou torta após um temporal em 2015 e foi retirada, passando por reparos. Foi recolocada no mesmo local no ano seguinte, 2016. A cruz fica posicionada a mais de 50 metros do solo e tem três metros de altura.

5) A Capela da Ressureição – A cripta onde estão sepultados bispos e arcebispos de Botucatu, fica no piso inferior da Catedral e é um de seus pontos de oração. Na cripta, conhecida como Capela da Ressureição, estão sepultados o Monsenhor Pachoal Ferrari, que contribuiu para a instalação da Diocese de Botucatu, o primeiro bispo Dom Lúcio Antunes de Souza, Dom Luiz Maria de Santana, Dom Henrique Goland Trindade, Dom Vicente Marchetti Zioni e Dom Antônio Mucciolo.

Projeto irmão da Catedral da Sé

6) Inauguração antecipada – A Catedral foi inaugurada no dia 8 de dezembro 1943, dois anos antes da conclusão das obras e 16 anos após o lançamento de sua pedra fundamental. As escadarias foram construídas em 1956.

7) Tombada – A Catedral Metropolitana de Botucatu é um monumento de interesse histórico e está em área tombada pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Artístico e Arquitetonico) do Estado de São Paulo, o que impede interferências externas sem autorização do órgão. Os paralelepípedos da região ao redor da matriz delimita a área histórica e não podem ser alterados.

8) Satélite – Vista de cima, a Catedral tem o formato de uma cruz. Confira

9) Financiamento – A Catedral teve ampla ajuda da população para ser construída. Empresários e empreendedores da época também auxiliaram. As portas entalhadas em madeira foram doadas pelo industrial Camillo Peduti, a antiga imagem de Sant’Ana foi doada pelo ex-prefeito e industrial Pedro Losi, o vitral com a imagem da padroeira, foi doado pela família Peduti, o engenheiro Adolfo Dinucci doou todas as telhas e o trono episcopal foi desenvolvido pela Escola Industrial e oferecido pelo Clero da Diocese

10) Luzes – Nem sempre a Catedral foi tão bem iluminada. Em 2011 foi trocado todo o sistema de iluminação pública do Largo da Catedral através do Programa “Ilumina Botucatu”. Foram instalados oito postes modelo “veleiro”, com quatro luminárias cada e lâmpadas de vapor metálico de 250 watts.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui