Essa é para os amantes e admiradores de Deathcore! O botucatuense, Victor Titchão, participou de uma gravação que pode quebrar um recorde mundial de vocalistas na mesma músicas! 🤘💀

Participação na música

A Banda Nylist convocou uma grande seleção, a fim de gravar uma canção com várias pessoas cantando. Foram mais de 600 pessoas escolhidas para uma música de 62 minutos (sim, mas de 1 hora!).

Victor foi até a General Music, um estúdio de Botucatu, e gravou sua parte de 6 segundos, deixando então marcada a sua participação na música promessa de recorde. O lançamento será no dia 31 de agosto.

“A música apresenta uma gama diversificada de vocais, é uma música obrigatória para os fãs de deathcore e metal”

Victor Titchão, em estúdio

Banda recordista

Victor sempre se interessou pelo cenário deathcore e por bandas estrangeiras do estilo, ao descobrir a Banda Nylist, observou que eles já haviam quebrado um recorde anteriormente.

“Tinham feito uma música com 444 vocalistas, já quebrando o recorde mundial e agora querem 666 vocalistas e finalizar o projeto de uma vez por todas, para ser a música com o maior número de vocalistas de metal da história.”

Inscrição na seleção

Após acessar o Facebook do anúncio, Victor enviou seu portfólio para aprovação. Gravando covers e participando ativamente de eventos e campanhas desde criança, foi aprovado e logo já agendou com o estúdio de gravação. Animado, ele espera grandes resultados com a participação.

É uma experiência inacreditável, pois diversos vocalistas que eu escuto desde pequeno, estarão na mesma música que eu, também ouvindo a minha parte! Sinto que isso é só o começo de algo muito grande que está por vir em minha vida.

Planos para o futuro

Victor aproveitou também para falar sobre o cenário musical em Botucatu e região, e afirma que pretende se apresentar como vocalista em eventos futuros.

“Aqui no interior é bem restrito esse tipo de conteúdo, temos a Metalstock uma vez por ano, espero poder cantar um dia lá também!

Fotos: Victor Titchão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui