Esse conteúdo é um oferecimento Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

Luís Ricardo da Silva, mais conhecido como Luís Correria, tem 30 anos e construiu um bom lugar com humildade. Através da vivência no esporte e desde muito cedo trabalhando para ajudar sua mãe em casa, enfrentou diversas batalhas em sua vida. No entanto, com muita alegria dedicou sua vida ao boxe e a ajudar quem mais precisa.

Sempre brincando, vendia alface na rua desde os 11 anos. Por sua mãe ser extremamente atarefada, levava Luís e seu irmão para projetos, para que através do esporte, pudesse seguir os melhores caminhos.

“O esporte foi me direcionando. A vida me ajudou a amadurecer e me fortalecer. No entanto, nunca deixei de ser criança.”

Dom? Não. Insistência!

No boxe, as pessoas devem ser insistente, para através desse sentimento se fortalecer cada vez mais. A perseverança, aliada ao talento, o ajudaram a seguir firme nesse esporte.

A vida é como uma luta de boxe, quando você acha que está vencendo, de repente leva um nocaute dela. Mas os campeões também levam nocaute e deixam de ser campeões somente aquela luta. Na luta você tem uma revanche, como na vida à uma segunda chance.

Antes do boxe, passou pela capoeira e pelo Muay thai. Mas e a primeira luta? De acordo com ele, foi massacrado.

“Peguei de cara o cara da seleção brasileira. Apanhei. Mas ao invés de desistir, achei daora e pensei: no que vem eu voltarei e vou voltar melhor.”

A vida é a maior mestra

Sempre ao seu lado havia pessoas mais velhas para o ajudar. Quem mais o ajudou foi seu irmão e seu técnico que sempre foi um pai, amigo, irmão. Sorrindo e chorando, no entanto sempre ao seu lado.

Luís e seu técnico

“Sempre levei na brincadeira, quero me divertir. Conheci gente nova, lugares novos. Só foi acontecendo.”

No início lutava uma ou duas vezes no ano para chegar na luta. Através de vaquinhas e ajudas de outras pessoas. Até mesmo carona para viajar até o evento

Em 4 anos com seu espaço, através de muita luta, conquistou seu nome na cidade. Mas, no começo tinha apenas uma pequena academia no quintal de sua casa.

À esquerda Anderson e à direita Welligton, amigos de Luís

“A vida é dura e não é porque eu passei por muitas coisas ruins, que as outras precisam passar. Hoje em dia há muitas pessoas para criticar e poucas para ajudar. A gente tem que fazer a diferença.”

Assim como as pessoas os ajudaram no passado, sempre tentou ajudar as pessoas através do esporte, o esporte é a única coisa nos dias atuais totalmente inclusivo.

Correria – um apelido que já virou até sobrenome

Por muito tempo, sua vida era muito mais que apenas o boxe, tinha 3 empregos e depois ainda arrumava um tempo para treinar.

E claro, com tantos empregos e estudos, aliado a uma rotina estressante e corrida, surgiu este belo apelido que convenhamos, já virou até seu sobrenome.

E através disso está hoje mudando a vida de dezenas de alunos e amigos que fez ao longo de sua carreira.

Os bens que o boxe pode fazer em nossas vidas:

Ajuda a queimar calorias

Uma aula com duração de 60 minutos pode queimar até 1.000 calorias, enquanto a corrida queima aproximadamente 600. Além disso, o esporte é muito bom para diminuir a quantidade de gordura visceral, que é aquela que fica dentro da região abdominal e aumenta a cintura.

Nocauteia o estresse

A prática do boxe, assim como qualquer outra atividade física, é capaz de melhorar a qualidade do sono e estimular o aluno a beber mais água e se alimentar melhor. Com essas trocas, o corpo passa a eliminar mais toxinas e isso permite que hormônios bons sejam liberados, proporcionando a sensação de bem-estar.

Melhora o condicionamento físico

Os exercícios aeróbicos fazem parte da rotina de quem treina boxe. Pular corda, fazer abdominais e corrida são apenas alguns exemplos de práticas realizadas durante os treinos.

Melhora o reflexo, concentração e coordenação motora

Certamente, conciliar um golpe no adversário, esquivar e manter a guarda fechada são atividades que exigem atenção e agilidade. Portanto, o treino regular também auxilia na melhora da coordenação motora.

Esquiva a baixa autoestima

Além das mudanças estéticas, como o emagrecimento e fortalecimento muscular, o boxe trabalha a autoconfiança e a disciplina do aluno.

Além disso, nas aulas, os alunos passam a superar suas limitações constantemente e contam com o apoio dos colegas de turma, o que os ajuda a serem mais confiantes no dia a dia em diversos âmbitos de suas vidas. 

Contato

Você pode entrar em contato com Luís através do telefone (14) 99717-0307.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.


Esse conteúdo é um oferecimento Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

3 COMENTÁRIOS

  1. Grande mestre, irmão, parceiro de treino cara eu sou seu fã, graças a Deus eu tenho o privilégio de treinar e conviver com essa fera super recomendo Correria Boxe team 🥊🥊#junte-se aos bons e sera um deles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui