Esse conteúdo é um oferecimento da Univem, instituição que apoia as boas notícias em Botucatu.

Dados da mais recente pesquisa da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação mostram que o mercado de TI no Brasil está entre os segmentos que mais empregam no país.

Em Marília não é diferente! Essa expansão se deve ao número crescente de capacitações na área que a cidade tem recebido. Possibilitando a formação de profissionais essenciais para atuar na cidade em toda a região.

De acordo com o Linkedln, entre as 15 profissões mais promissoras do futuro, 9 são da área de tecnologia da informação. Confira a seguir algumas dessas funções em ascensão e os setores que mais contratam:

Gestor de mídias sociais

Crescimento médio anual: 122%
Cinco conhecimentos primordiais: Marketing digital; redes sociais; Adobe Photoshop; Adobe Illustrator; e marketing.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Publicidade e marketing; mídia online; e internet.

Engenheiro de cibersegurança

Crescimento médio anual: 115%
Cinco conhecimentos primordiais: Docker Products; Ansible; DevOps; Amazon Web Services, AWS; e Kubernetes.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; software de computadores; serviços financeiros.

Cientista de dados

Crescimento médio anual: 78%
Cinco conhecimentos primordiais: Machine Learning; ciência de dados; linguagem Python; linguagem R; e ciência de dados.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; bancos; e softwares de computadores.

Engenheiro de dados

Crescimento médio anual: 75%
Cinco conhecimentos primordiais: Apache Spark; Apache Hadoop; grandes bancos de dados; Apache Hive; e a linguagem de programação Python.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; bancos; e serviços financeiros.

Especialista em Inteligência Artificial

Crescimento médio anual: 73%
Cinco conhecimentos primordiais: Machine learning; deep learning; linguagem de programação Python; ciência de dados; Inteligência Artificial (IA).
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; softwares de computadores; e instituições de ensino superior.

Desenvolvedor em JavaScript

Crescimento médio anual: 72%
Cinco conhecimentos primordiais: React.js; Node.js; AngularJS; Git; e MongoDB.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; softwares de computadores; e internet.

Assistente de mídias sociais

Crescimento médio anual: 60%
Cinco conhecimentos primordiais: Redes sociais; marketing digital; Adobe Photoshop; Instagram; e publicidade.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Publicidade e marketing; internet; Tecnologia da Informação e serviços.

Desenvolvedor de plataforma Salesforce

Crescimento médio anual: 58%
Cinco conhecimentos primordiais: Desenvolvimento de Salesforce.com; linguagem de programação Apex; recursos do Salesforce.com; administração de Salesforce.com; e Visualforce.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Softwares de computadores; Tecnologia da Informação e serviços; e consultoria em gestão.

Recrutador especialista em Tecnologia da Informação

Crescimento médio anual: 56%
Cinco conhecimentos primordiais: Recrutamento em TI; recrutamento; entrevista; pesquisa de executivos; e técnicas de recrutamento.
Três segmentos que mais buscam a profissão: Tecnologia da Informação e serviços; recrutamento e seleção; e Recursos Humanos.

Se você pretende atuar na área, mas ainda tem dúvidas acerca de qual formação escolher, entre em contato com a Univem Botucatu, instituição referência em tecnologia de Botucatu e região.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: bianca.camargo@solutudo.com.br


Esse conteúdo é um oferecimento da Univem, instituição que apoia as boas notícias em Botucatu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui