Botucatu completa hoje 165 anos, a cidade tem aproximadamente 150 mil habitantes e reúne acontecimentos históricos. Listamos aqui algumas curiosidades:

1. O maior Eucalipto do Brasil pode estar em Botucatu

Acredita-se que o maior eucalipto e talvez um dos mais antigos do Brasil, esteja aqui em Botucatu, na Fazenda Lageado. As estimativas e estudos eram do professor Valdemir Antonio Rodrigues. “O Gigante da Floresta” como foi apelidado, é da espécie Eucalyptus robusta, tem aproximadamente 100 anos, mais de 50 metros de altura e 9 metros de circunferência.

O “Eucalyptus robusta‘ é uma árvore nativa do leste da Austrália, frequentemente utilizada na silvicultura.
(Foto: Bianca Camargo)

2. OVNIs em Rubião

O município de Botucatu já foi conhecido por ser um local de aparições de Óvnis (Objetos Voadores Não Identificados). Um caso enigmático ocorreu em 1 de julho de 1968, por volta do meio-dia. No distrito de Rubião Júnior (área onde fica atualmente o campus da Unesp), foi visto uma aeronave sem asas, redonda e cinza que deixou marcas na terra. Na época, o caso foi examinado por especialistas: Walter Buhler, Willi Wirs e Nigel Alan Ruies. Nunca houve um esclarecimento, mas o evento foi disseminado pela imprensa local.

Um dos registros é uma matéria do “Correio de Botucatu” que trouxe fotos com rastros de marcas de três buracos “que poderiam ser o tripé de apoio do objeto” e a uma distância entre os sinais, dois outros afundamentos na areia, a que “logo imaginaram ser a escadinha” para possíveis desembarques. A matéria também traz testemunhos de crianças e de pessoas que teriam avistados a tal nave. Esse material foi resgatado pelo historiador João Figueiroa. Foto: reprodução

3. Danilo Gentili é botucatuense?

Não! O humorista Danilo Gentili não é botucatuense, mas é filho de botucatuense. O humorista passou sua infância aqui em Botucatu, e lembrou esse passado em 2018 durante uma entrevista no seu programa com o cantor Fábio Júnior que é casado com uma botucatuense.

Audiência da TV: "The Noite" entrevista Fábio Jr e estreia nova ...

4. Rua Amando de Barros era rodovia

Olha que curioso: a principal rua de Botucatu, Amando de Barros recebia veículos nos dois sentidos, ela foi leito da Rodovia Marechal Rondon, a rodovia que liga São Paulo ao Mato Grosso. Essa antiga rodovia foi aberta lentamente sobre caminhos antigos e passava pelo meio das cidades.

5. O dia em que Botucatu declarou guerra a Inglaterra

Na década de 1860, a Câmara de Botucatu envolveu-se em um caso polêmico. O Legislativo declarou “guerra” à Inglaterra. Isso foi feito através de um manifesto de apoio dos vereadores da cidade às represálias nacionais em 1863, durante a Guerra do Paraguai. Felizmente, a questão se resolveu diplomaticamente em nível nacional, mas o manifesto da Câmara foi recebido pelo Imperador e obteve até resposta.

Bandeira da Inglaterra – Wikipédia, a enciclopédia livre

6. Botucatu, a Capital do Cinema

Durante a década de 1950, o empreendedor Emílio Peduti tinha uma rede de cinemas com mais de 70 salas espalhadas pelo estado de São Paulo, Norte do Paraná e Mato Grosso. E Botucatu era conhecida como a “Cidade do Cinema”. Toda a distribuição de filmes era concentrada aqui. A posição estratégica do município garantia a distribuição dos rolos de filmes através dos trens.

Emílio Peduti nasceu em Botucatu, em 27 de maio de 1904

7. A primeira cidade a receber a Sabesp

Botucatu foi o primeiro município a ser operado pela Sabesp, em 1974. E abriga a sede composta por 33 municípios. Desde o início a Sabesp investiu para que Botucatu tivesse níveis elevados de saneamento básico.

SABESP disposta a concorrer fora do Estado de São Paulo

8. A autora de Éramos Seis era botucatuense

A famosa escritora Maria José Dupré, nasceu em Botucatu em 1898. Ela ficou mundialmente conhecida como autora do clássico Éramos Seis, e a série de livros infantis “Cachorrinho Samba”. Em Botucatu a escritora estudou no Colégio dos Anjos (Santa Marcelina). A antiga casa de Dupré é onde hoje fica hoje a escola Industrial.

9 – Um botucatuense na Copa

O jogador de Futebol Zé Maria, nascido em Botucatu em 1949, iniciou seus primeiros passos no futebol jogando nos times do Lajeado e da Associação Atlética Ferroviária. Zé Maria começou a carreira profissional na Portuguesa e chegou ao Corinthians em 1970. No mesmo ano conquistou a Copa do Mundo. O esportista atuou como titular da Seleção na Copa de 1974. Em 1978 voltou a ser convocado como titular para a Copa, mas uma contusão o tirou da equipe.

Da esquerda para a direita, em pé: Zé Maria, Felix, Brito, Piazza, Clodoaldo e Everaldo. Agachados: Mário Américo, Zequinha, Gérson, Tostão, Pelé, Rivellino e Nocaute Jack. Foto: Reprodução da revista Manchete

10. Terra do Saci

Essa você já conhecia: Botucatu é a terra do Saci e o responsável por isso é o engenheiro José Oswaldo Guimarães, que já deu até entrevista no Jô, assumindo ter importado dois casais de saci para criá-los nas matas de Botucatu.
Confira a entrevista:

E você? Conhece alguma curiosidade sobre Botucatu? Conta aqui!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Botucatu e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: bianca.camargo@solutudo.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui