Alguns acreditam que para ter sucesso na vida é necessário estudar em escolas particulares, com infraestrutura de ponta e com os melhores professores. Porém, muitos professores que ministram aulas na rede particular também trabalham na rede pública, fazendo a gente perceber que quem faz a escola não é o professor, mas o aluno.

Hoje, vamos falar da Vivian Vieira, boituvense, que cresceu na área rural da cidade, estudou sempre em escolas públicas e é uma das responsáveis pelo desenvolvimento de livros para o Plano Nacional de Educação (PNE).

A jornada de Vivian começa nas famosas escolas rurais da cidade, na 3º série as escolas rurais de Boituva deixaram de existir, então ela começou a ir de ônibus para a escola, localizada  no perímetro urbano. Primeiro no Grupão e depois no Hélio Zacharias e no ensino médio Vivian estudou no famoso Vercellino. 

Vivian Vieira – Foto: Arquivo pessoal

Ela almejava fazer medicina, pois queria ajudar as pessoas e começou a estudar bastante para concorrer nas vagas oferecidas pelas universidades públicas. Certo dia, uma pessoa perguntou para ela se não tinha interesse em dar aula particular, Vivian aceitou. Uma indicação aqui e outra ali, ela já estava ajudando muitas pessoas com as aulas particulares. Então, percebeu que não era apenas na medicina que poderia ajudar as pessoas, a educação também era uma forma de fazer isso. 

“Eu ensinava o aluno, acabava tirando ele do castigo, pois as notas aumentavam”, diz Vivian.

Depois disso, ela resolveu mudar e escolheu um novo caminho para sua vida, Vivian decidiu estudar Física. Ela estudou por um ano na Uniso em Sorocaba, porém foi incentivada a tentar novamente uma universidade pública. Aos 22 anos, prestou vestibular para a Universidade de São Paulo (USP) e passou.

Durante todo o curso, ela foi auxiliada pelas políticas públicas da época que traziam muitos benefícios para os alunos. Sua formação só foi concluída graças as diversas bolsas e incentivos que teve a oportunidade de receber. Faltando um ano e meio para terminar o curso, Vivian ganhou um Projeto de Iniciação Científica para fazer um estágio na França.

Ainda na faculdade, Vivian conseguiu um emprego em uma escola em São Paulo onde era professora, ela trabalhou lá por muitos anos, no final do curso teve que deixar o emprego para poder se formar, já que as aulas passaram a ser de tarde.

Em um dia, uma amiga pediu um currículo da Vivian, ela entregou. Tempos depois, foi chamada para trabalhar na antiga Abril Educação, hoje é a Kroton. Ela se desenvolveu nesta empresa e trabalha criando conteúdo e plano de ensino para os livros didáticos na parte de Ciências. 

Livro publicado por Vivian – Foto: Arquivo pessoal Vivian

Vivian explica que não é simples, ela precisou estudar muito e precisa até hoje, o motivo é que as coisas mudam todos os dias. Mas, ao final de cada entrega, a satisfação em saber que está ajudando as pessoas é incrível.


“Um dos maiores desafios foi a universidade, a diferença social era muito grande, a maioria dos meus amigos de turma tocava um instrumento ou falava outro idioma, não é fácil, mas, ao mesmo tempo, era divertido porque aprendi muito”, ressalta Vivian.

Além destes desafios, outro fator que pode ser preocupante para todos é a cultura. É notável que a educação vem sendo desvalorizada com a falta de investimentos, isso aumenta o fosso social que existe no Brasil. 

Para o futuro, Vivian espera mais igualdade, não apenas a educação, uma distribuição de renda mais justa para que as pessoas possam ter recursos para visitar um museu, uma cidade nova, fazer um curso que tenha interesse ou, até mesmo, comprar um alimento sem medo daquele dinheiro fazer falta depois. Esta distribuição de renda não reflete somente em fatores econômicos da sociedade, mas no social melhorando a educação e trazendo oportunidades para todos.


Gostou do conteúdo? Nosso aplicativo está recheado de boas histórias de Boituva. Baixe agora mesmo e descubra um mundo de possibilidades!

Para baixar para Android clique aqui
Para baixar para IOS (Iphone) clique aqui


Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Boituva e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

SolutudoDeBom! Obrigado por ler, e confiar em nós. A nossa missão é ajudar você a conhecer melhor a cidade em que vive! 💜

Nos siga nas redes sociais.

Fale com o autor

5/5 - (1 vote)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui