Hoje é sexta-feira 13 e muitas pessoas evitam situações como passar por baixo de escadas e cruzar com gatinhos pretos.

Mas você já parou para pensar de onde vêm essas superstições? Resolvemos investigar algumas! Bora conferir.

Por que 13, afinal?

Para começar, você sabe o motivo do número 13 tem essa fama?

O número foi escolhido por vários motivos. Um deles se refere a Judas, o traidor de Jesus Cristo, pois ele foi o 13º convidado para a Santa Ceia.

Outra possível origem envolve a mitologia grega. Loki, deus da trapaça, foi o 13º participante de um jantar, no qual induziu o deus cego, Hoder, a matar irmão, Balder, com uma flechada.

sexta-feira 13
Foto: Unsplash

Gato preto

Não há motivo nenhum para evitar os gatinhos pretos, não somente na sexta-feira 13, mas todos os dias. Afinal, toda a história de que eles dão azar não passa de uma lenda antiga.

Durante a Idade Média, esses animaizinhos passaram a ser perseguidos pois eram relacionados à bruxaria por conta de seus hábitos noturnos. Inclusive, já chegaram a fazer parte da lista de perseguidos pela Igreja Católica durante a inquisição.

sexta-feira 13
Gif: Giphy

Em 1561, a situação só ficou mais difícil pra eles. Um famoso escritor da época, William Baldwin, lançou o livro Beware the Cat, uma ficção de horror em que gatos pretos eram bruxas disfarçadas. Eita!

Passar por baixo de escada

Essa superstição surgiu porque o triângulo formado pela escada aberta remete ao símbolo da Santíssima Trindade. Por isso, muitos acreditam passar pelo centro desse triângulo é pecado, pois “desequilibra” Pai, Filho e Espírito Santo.

Bater na madeira

Antes da Era Cristã, muitos acreditavam que o tronco das árvores era lar de espíritos e deuses. Então quando queriam pedir alguma coisa ou “espantar” energias e sensações ruins, davam 3 batidinhas nos troncos, acreditando que isso lhes traria proteção ou sorte.

Ao longo do tempo, qualquer pedaço de madeira passou a ser usado para receber os três toquinhos supersticiosos.

sexta-feira 13
Foto: Unsplash

Agora você já sabe como as superstições surgiram, basta escolher acreditar nelas ou não!


Confira essa e outras histórias de Bauru no site da Solutudo Bauru!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui