Uma das coisas boas que temos visto na nossa cidade durante a pandemia do novo Coronavírus, é a ação das palavras EMPATIA e SOLIDARIEDADE. Belo exemplo disso é o Projeto Integra Vidas, aqui de Bauru.

O projeto surgiu a partir da crise causada pela Covid-19, e se define como “Coletivo de pessoas atuando de forma engajada no combate à Covid-19”.

A ideia partiu da empresária Juliana Mistroni Ramos, Engenheira e investidora, que acompanhou toda a evolução do cenário do novo Coronavírus e, prevendo o que seus amigos fossem passar nas frentes de trabalho, recusou-se a ficar em casa assistindo o caos terminar.

Então, iniciou uma parceria com o médico Rafael Arruda Alves, especialista em medicina intensiva, experiente como gestor público e unidades de emergência, atuando no SAMU e em UTI de pacientes com a Covid-19. Rafael auxilia o grupo com dúvidas técnicas.

Todos sabemos que a luta contra o Coronavírus tem sido difícil para os profissionais de saúde, que colocam suas vidas em risco para salvar pessoas com a doença. “A pandemia ainda tem números distantes da realidade. Os laboratórios não conseguem liberar exames em tempo hábil e, no momento, temos que atender toda síndrome gripal ou doença respiratória como uma possível Covid-19“, afirma o Dr. Rafael em entrevista ao Angelo Franchini da Hot 107FM de Lençóis. O médico destaca ainda, que isso provoca um grande consumo de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) no mundo inteiro.

Justamente por isso, o grupo iniciou o projeto em março com o objetivo de auxiliar na confecção desses equipamentos de proteção para a área da saúde da nossa cidade e região. Rafael afirma ainda que a falta dos equipamentos limita a atuação dos profissionais da linha de frente.

Mais fortes juntos

Apoiado por amigos, empresários e um grupo de costureiras voluntárias, o Integra Vidas está produzindo aventais e toucas que estão entregues para cerca de 10 cidades da região de Bauru (Agudos, Bariri, Barra Bonita, Iacanga, Itapuí, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras, Pirajú e São Manuel).

O projeto Integra Vidas vem pra criar uma rede de solidariedade na região e poder contemplar a rede de saúde com EPIs

Afirma Juliana, idealizadora do projeto

Juliana ressalta a necessidade de ajuda de empresas e pessoas com doações do tecido TNT ou mesmo recursos financeiros para a compra dos materiais para a produção dos equipamentos. Além disso, eles também recebem luvas, máscaras descartáveis e óculos de segurança para distribuição nas unidades de pronto atendimento, visto que algumas destas unidades estão sem estoque de EPIs e sem condições de adquiri-las.

Mãos à obra

O grupo conta com 13 voluntários que coordenam os processos dentro do projeto. A maioria dos voluntários são de Bauru, mas eles contam com uma coordenadora de apoio em Pederneiras. São eles:

  • Compras e confecção – Tatiana Mistroni Ramos Cortez e Aparecida Paschoalotto Cortez
  • Apoio administrativo/financeiro – Luciana Mistroni Ramos e William Paschoalotto Cortez
  • Recrutamento – Mariana Cabral
  • Redes sociais – Mariana Cabral e Cristiano Guirado
  • Apoio psicológico – Thalita Fernandes e Luciana Mistroni Ramos
  • Avaliações técnicas e controle de qualidade de materiais – Rafael Arruda Alves
  • Logística – Elisete Thomaz e Lys Marcela
  • Patrocínios – Juliana Mistroni Ramos e Luciana Mistroni Ramos
  • Coordenação regional Pederneiras – Carina Azevedo dos Santos
  • Jurídico – Natalia Fazzio

Estes voluntários organizam a atuação dos profissionais cadastrados no projeto, entre eles mais de 50 costureiras até o momento, com a missão de realizar os cortes e costuras dos aventais de segurança a serem utilizados pelos profissionais da saúde. As costureiras trabalham direto de suas residências de forma voluntária.

O grupo já está realizando os cortes e costuras dos aventais para a Secretaria Municipal de Saúde de Bauru, que adquiriu o tecido, linhas e elástico. Além disso, possuem profissionais cadastrados para atuar também nos municípios da região, e estão aguardando apenas o contato das órgãos ou instituições que necessitam do auxílio.

Integra vidas
Visita da equipe da Prefeitura e fechamento da parceria. Foto: Arquivo Pessoal

E todo o trabalho já está rendendo frutos! “Ontem (16) enviamos 204 aventais para o Hospital de Pederneiras e 203 para a UPA de Lençóis. Foram os primeiros entregues!“, afirma Juliana com muito orgulho do trabalho.

Qualidade e responsabilidade

Uma das preocupações do projeto é com a qualidade do material. Pior do que não ter equipamento de proteção é ter um equipamento inadequado, que passa uma falsa sensação de segurança e acaba expondo o profissional durante a sua atividade“, pontua o Dr. Rafael.

De acordo com Juliana, o objetivo é produzir os equipamentos a baixo custo e cumprindo todas as normas de segurança para garantir a proteção de todos os profissionais que irão utilizá-los.

O projeto Integra Vidas vem pra criar uma rede de solidariedade na região e poder contemplar a rede de saúde com EPIs”, afirma.

Outra atitude bacana do grupo é a formação de um grupo de psicólogos voluntários para atendimento gratuito aos profissionais da saúde. Neste momento, muitos destes profissionais necessitam de apoio para lidarem com as adversidades deste período delicado. O recrutamento destes psicólogos está em andamento, então, se você é psicólogo ou conhece algum, bora fazer parte do grupo?

Integra Vidas
O atendimento visa auxiliar os profissionais da saúde. Imagem: Divulgação/Projeto Integra Vidas

Quero ajudar!

Agora que você sabe mais sobre o projeto, que tal ajudar? Juliana menciona que podem ajudar “todos que tiverem força de vontade para aprender. Eu mesma não entendo nada de costura e ajudo no processo de corte“. Os responsáveis pela costura ajudam os interessados até que aprendam a montar os aventais. O importante é querer!

Integra Vidas
O espaço foi cedido pelo Senai para a equipe fazer os cortes. Foto: Arquivo pessoal

Eles aceitam doações como linhas comum e do tipo overloc, elásticos jaraguá de 7mm e tecido TNT com gramatura acima de 40mm.

Precisamos muito de parceria com empresas que façam corte dos tecidos. Aumentaria bastante nossa escala de produção. Já temos material para aproximadamente 11 mil aventais. No total até agora deverão ser em torno de 35 mil“, reforça Juliana.

Somos empresários unidos por uma causa. Vamos conseguir ganhar escala, se Deus quiser!!

Finaliza Juliana

Interessados em saber mais sobre o projeto e ajudar podem procurar o grupo através das redes sociais: Facebook.com/projetointegravidas e Instagram.com/projetointegravidas ou pelo telefone (14) 98154-8154 (Juliana).


Confira essa e outras histórias de Bauru no site da Solutudo Bauru!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui