Apesar de não ser uma data oficial, ou seja, não ser um feriado, o Dia dos Namorados é um período importante e tradicional para muita gente.

Os casais apaixonados celebram o amor e a união e aproveitam para trocar presentes. O dia inspira o romantismo!

Pouca gente sabe, mas existe toda uma história por trás da data aqui no Brasil. Aliás, você sabia que o Brasil é um dos poucos países no mundo a celebrar os casais apaixonados em 12 de junho?

Pois é, entenda toda essa história!

O Dia de São Valentim

A maioria dos países celebram o amor dos namorados no dia 14 de fevereiro, data dedicada à este santo.

Valentim foi um bispo católico que viveu durante o Império Romano. A história conta que o imperador da época, Cláudio II, proibiu a celebração de casamentos, pois acreditava que os homens solteiros tinham mais disposição para servir ao seu exército. No entanto, contrariando as ordens, Valentim continuou realizando matrimônios até ser descoberto, preso e executado pelo imperador.

Como o santo foi um homem que acreditava no amor, nada mais adequado que celebrar o Dia dos Namorados na data que o homenageia.

Dia dos Namorados no Brasil

Por aqui, como todo mundo sabe, não comemoramos o amor no dia 14 de fevereiro, e sim em 12 de junho. Mas porquê?

Bom, a história não é exatamente romântica como a de São Valentim, mas não deixa de ser curiosa.

Quem criou e popularizou essa data foi um publicitário chamado João Dória, pai do atual governador de São Paulo que possui o mesmo nome. Durante a década de 1940, ele lançou a campanha “não é só com beijos que se prova o amor” para uma loja e a repercussão foi enorme.

Propaganda da década de 1940 anunciando a nova data para o Dia dos Namorados. (Foto: Reprodução)

A data utilizada pela publicidade era justamente a 12 de junho. O motivo? A ausência de datas comemorativas neste mês, que acabava por render menos vendas para o comércio.

Bom, sabemos o motivo do mês, mas e o dia? Simples: 12 de junho é a véspera do Dia de Santo Antônio, conhecido como o santo casamenteiro no Brasil.

Em poucos anos, a nova data se popularizou e o Brasil deixou de usar o 14 de fevereiro de lado.

Muita gente prefere comemorar em junho mesmo, por dois motivos: não é uma data próxima do carnaval, e pelo friozinho típico do mês, que deixa tudo ainda mais romântico!

Gostou da história? Então compartilha com os amigos e porque não, com a pessoa amada <3

LEIA TAMBÉM:


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.paut[email protected]

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui