São muitas as praças existentes em Bauru. Espalhadas por todos os bairros, elas representam locais de encontro e diversão, de lazer e descanso e, porque não, de cenário para romances?

E mesmo que você não seja um frequentador de praças, ao menos por uma nós temos toda certeza de que você já passou. Um dos lugares mais antigos e importantes de toda a cidade, a Praça Rui Barbosa é também um dos locais mais movimentados da cidade-sanduíche!

Acredite, faz muito tempo que os bauruenses frequentam este lugar. A praça central, a primeira da cidade, data de 1914 e inicialmente foi chamada de Praça Municipal, depois Régis Bitencourt e, finalmente, Praça Rui Barbosa.

Sua história está relacionada com o desenvolvimento de Bauru, promovido pela expansão ferroviária. Em um artigo produzido em 2006 pela arquiteta e professora da Unesp Emília Falcão, em parceria com sua aluna, Amanda Murino Rafacho, é possível entender melhor esta relação: “A criação da praça Rui Barbosa em Bauru revela a vontade da elite cafeeira em levar para as pequenas aglomerações interioranas a imagem de modernidade. […] A nova praça criou a referência de centro para uma área que se expandia a partir da estação ferroviária.”

Transformações

A Rui Barbosa passou por muitas mudanças no decorrer desses 105 anos de existência. O projeto inicial foi desenvolvido por Heitor de Andrada Campos baseado no paisagismo romântico, também chamado de jardim inglês. Assim, ao ser inaugurada, a praça contava com lagos, caminhos sinuosos e vasta e exótica vegetação.

+ Bauru antes e depois: veja como nossa cidade mudou ao longo do tempo!

Na década de 1950, recebeu sua primeira reforma. Desenhada para ser um espaço de contemplação e lazer, a praça agora recebia adequações para receber um maior fluxo de pessoas que frequentavam o comércio central.

Nos anos 1990 era a vez de um projeto de revitalização acontecer no local. À esta época chegava a Bauru o primeiro shopping da cidade, fato este responsável por deslocar parte da atividade comercial em direção à zona sul. Assim, junto com a revitalização da praça, que se encontrava degradada, surgiu o “Calçadão da Batista”, que até então era uma rua aberta ao trânsito de automóveis.

Mesmo com todas as transformações pelas quais Bauru passou ao longo destes mais de 100 anos de existência da praça, a Rui Barbosa segue sendo um importante palco de encontros de pessoas e ideias. Um marco não só da história da cidade, mas de seu presente e cotidiano.

Foto de capa por Guilherme Colosio


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui