A preservação ambiental é um assunto discutido mundialmente e também aqui na nossa cidade. A fauna e a flora de um município são essenciais não apenas para o desenvolvimento sustentável, mas também para o bem-estar da população, que pode contar com áreas verdes que melhoram a qualidade de vida de todos. Além disso, há diversas árvores que carregam histórias e representam um patrimônio de Bauru!

Esses são os casos da tão conhecida Copaíba localizada na Avenida Getúlio Vargas e das três árvores Pau-Brasil que ficam na Faculdade de Odontologia da USP, na Praça da Cerejeiras e na área verde da Rua Pedro Salvador. Essas e muitas outras árvores são tombadas em Bauru como patrimônios históricos, o que significa que são preservadas e não podem ser destruídas, derrubadas ou descaracterizadas por conta do valor que possuem para a memória coletiva da cidade.

Neste Dia da Árvore, data de conscientização a respeito da importância desses bens tão valiosos para o nosso ecossistema, destacamos algumas árvores que fazem parte da paisagem urbana bauruense.

Copaíba da Getúlio Vargas

Copaíba localizada na Avenida Getúlio Vargas em Bauru é uma das árvores preservadas como patrimônio histórico da cidade
Copaíba localizada na Avenida Getúlio Vargas em Bauru. (Foto: Reprodução/Google Maps)

A centenária árvore está onde hoje é a Getúlio Vargas mesmo antes de a avenida se tornar uma das mais importantes da cidade. E a sua permanência naquele local, embelezando nossa Bauru, fazendo sombra e mantendo vivo um exemplar desta planta, foi resultado de uma reivindicação da população. Isso porque, na década de 1990, a árvore ficava em um ponto indesejado do planejamento de duplicação da avenida. Naquela época, a Copaíba já tinha 80 anos. E, para defendê-la, um grupo de ambientalistas, de alunos e professores de uma escola realizou uma manifestação que surtiu efeito.

O projeto foi adaptado para preservar a Copaíba, que se tornou um patrimônio histórico tombado de Bauru e permanece enorme, frondosa e linda, destacando-se na paisagem de Bauru.

Recorte de jornal da década de 1990, época em que a Copaíba se tornou um patrimônio histórico de Bauru, e o projeto de duplicação da Getúlio Vargas foi modificado para incluir a árvore. De Copaíba a Pau-Brasil, Bauru tem mais de 200 árvores tombadas como patrimônio histórico
Recorte de jornal da década de 1990, época em que a Copaíba se tornou um patrimônio histórico de Bauru, e o projeto de duplicação da Getúlio Vargas foi modificado para incluir a árvore. A matéria foi divulgada pelo ex-prefeito e secretário do Meio Ambiente Clodoaldo Gazzetta em suas redes sociais. (Foto: Reprodução)

Pau-Brasil em Bauru

Árvores da Praça das Cerejeiras em Bauru
Além do Pau-Brasil, a Praça da Cerejeiras conta com muitas outras árvores que são protegidas como patrimônio histórico de Bauru. (Foto: Reprodução/Google Maps)

Sibipiruna, Alecrim-de-Campinas, Jerivá, Macaúba, Areca-Bambu, Ipê, Paineira, Jambolão, Jacarandá-Mimoso, Figueira, Flamboyant são algumas das árvores tombadas como patrimônio histórico de Bauru na Praça das Cerejeiras!

E entre elas há uma árvore típica do bioma Mata Atlântica que é conhecida por muitos brasileiros por seu papel na história do país: o Pau-Brasil. Trata-se de uma espécie nativa das florestas tropicais nacionais, estendendo-se do litoral do Rio Grande do Norte até o Rio de Janeiro. De acordo com o Instituto Brasileiro de Florestas (IBF), em 2004, essa espécie entrou oficialmente na lista de árvores ameaçadas de extinção e, por isso, atualmente, o pau-brasil é protegido por lei e não pode ser cortado para fins de florestas comerciais.

Além da praça que é sede da Prefeitura Municipal, Bauru tem outras duas árvores Pau-Brasil (ambas preservadas), uma na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOB-USP) e outra na Rua Pedro Salvador.

Falsa-Seringueira na Bernardino de Campos

Entre as árvores patrimônio de Bauru, há a Falsa-Seringueira da Bernardino de Campos
A Falsa-Seringueira está na lista das árvores que são consideradas patrimônios históricos da Cidade Sem Limites! (Foto: Reprodução/Google Maps)

Essa árvore, localizada no cruzamento da Bernardino de Campos com as ruas Siqueira Campos e a Altino Arantes chama atenção de qualquer pessoa que passa pelo local. Uma “escultura” viva com a copa que forma uma cobertura para a via!

Trata-se de uma Falsa-Seringueira. Nativa da Ásia Tropical, tem como característica um tronco calibroso que pode atingir dois metros de diâmetro. Além disso, é muito ramificada e, em seu habitat, pode chegar a 60 metros de altura.

Árvores nativas de Bauru

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) conduziu um estudo com o intuito de catalogar e reunir informações a respeito das espécies arbóreas nativas da região de Bauru, cujo cultivo é próprio para a paisagem de centros urbanos. De acordo com esse levantamento, são 49 espécies de árvores que podem ser cultivadas em praças, jardins e passeios públicos. Para conferir essa lista, é só acessar a página da Prefeitura de Bauru.

Lista de árvores tombadas

Além da Copaíba, do Pau-Brasil e da Falsa-Seringueira, existem centenas de árvores tombadas como patrimônio histórico de Bauru, medida importante para a preservação desses elementos tão importantes da nossa cidade. Para conferir a lista completa, a SEMMA disponibilizou o documento.

Ações em Bauru pelo Dia da Árvore

A Secretaria do Meio Ambiente deu início a ações que incluem o plantio de árvores nativas como parte da celebração do Dia da Árvore em Bauru.

A equipe do Departamento ZooBotânico plantou mudas de ipê, araçá e pitanga, entre outras, na Praça São Pedro, na Vila Dutra. Além disso, houve ação no Horto Florestal, no Bosque do Parque União e doação de mudas no Fórum.

LEIA TAMBÉM


Quer ficar por dentro de todo o conteúdo da Solutudo? É só seguir a gente no Instagram e curtir nossa página no Facebook!

Gostou desse conteúdo? Então deixe seu comentário no campo abaixo!

E se você conhece alguma história e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui