Quando foi anunciado que o jogador Alex Garcia não teria o contrato renovado com o Bauru Basket, fizemos uma matéria relembrando sua trajetória no time.

Alex Garcia
Alex Garcia. Foto: Victor Lira/Bauru Basket

Alex já foi confirmado reforço como ala do Minas nesta temporada 2019/2020, e jogará com seu amigo Leandrinho.

Ontem (1), o Bauru Basket fez uma emocionante homenagem de agradecimento e despedida ao atleta, que atuou no time por cinco temporadas como ala-armador.

Em 2014 “Brabo”, como é chamado, chegou ao Bauru Basket e foi campeão do Campeonato Paulista 2014/2015, da Liga Sul-Americana 2014/2015, Liga das Américas 2015/2016 e também do NBB 2016/2017.

Além disso, conquistou títulos individuais como MVP da Liga das Américas 2014/2015, MVP do NBB 2014/2015, Seleção do NBB 2014/2015 e melhor defensor do NBB 2015/2016.

Confira abaixo a publicação que o time fez em sua rede social para o Alex Garcia.

View this post on Instagram

Ensaiei muito para escrever isso. Já apaguei, recomecei, mas chega de adiar. O ciclo se encerra hoje. Vou explicar melhor. Essa carta é para um ídolo. Alguém que eu tive o privilégio de conviver por cinco anos. Despedidas não são nada fáceis. Ainda mais se tratando dele. Por isso, vou começar agradecendo. Obrigado. Sou muito grato por tudo o que você fez por mim e por essa cidade. Ter você com a gente nos elevou a outro patamar, nos fez vitoriosos, nos tornou favoritos e nos uniu ainda mais. Como não lembrar de todos os troféus que você levantou? De todos os momentos que você brigou dentro de quadra? De todas as bolas que você roubou? De todas as jogadas que você levantou a torcida? Dos prêmios individuais que você levou? Tanta coisa e tanta história. Mas o mais importante pra mim foi o quanto você representou cada um dos nossos torcedores em quadra. Podia ser contra quem fosse, o pensamento era único: “Nós temos o Alex”. Você sempre se mostrou pronto, chamou as responsabilidades, foi um exemplo de capitão e só queria a vitória. Garra, foco, esforço, liderança, comprometimento, paixão. Todos os adjetivos que constroem um ídolo. E mais do que dentro de quadra, você é um exemplo fora dela também. Um cara sempre disposto a ajudar a comunidade e a valorizar cada pessoa ao redor. Você, com um time, me fez um multicampeão de campeonatos que antes pareciam impossíveis. Coincidência ou não, o último foi o único que ainda me faltava: o do NBB. E a história desse dá um livro, você sabe. É, tivemos momentos incríveis e também muito difíceis juntos. Lembro de como sofri com você na sua lesão. Bem em um dos seus melhores jogos. Aquela hora foi foda. Mas, como sempre, você encarou aquilo como mais um desafio a ser enfrentado. E eu vi toda a sua dedicação, sua paciência e seu esforço para voltar. Vibrei em cada avanço seu até o retorno às quadras. Um exemplo. Aprendi e cresci muito com você nesses anos. Espero que eu tenha te proporcionado o mesmo. Nosso ciclo foi bem vivido. Agora, a gente se encontra nas quadras. Cada um de um lado. Mas, sempre teremos um elo. O nosso elo. Seu nome está eternizado na minha história. Obrigado, @braboalex10 Bauru Basket.

A post shared by Bauru Basket (@baurubasket) on

Ensaiei muito para escrever isso.
Já apaguei, recomecei, mas chega de adiar. O ciclo se encerra hoje.

Vou explicar melhor.
Essa carta é para um ídolo.
Alguém que eu tive o privilégio de conviver por cinco anos.

Despedidas não são nada fáceis.
Ainda mais se tratando dele.
Por isso, vou começar agradecendo.

Obrigado.
Sou muito grato por tudo o que você fez por mim e por essa cidade.
Ter você com a gente nos elevou a outro patamar, nos fez vitoriosos, nos tornou favoritos e nos uniu ainda mais.

Como não lembrar de todos os troféus que você levantou?
De todos os momentos que você brigou dentro de quadra?
De todas as bolas que você roubou?
De todas as jogadas que você levantou a torcida?
Dos prêmios individuais que você levou?
Tanta coisa e tanta história.

Mas o mais importante pra mim foi o quanto você representou cada um dos nossos torcedores em quadra.
Podia ser contra quem fosse, o pensamento era único: “Nós temos o Alex”. Você sempre se mostrou pronto, chamou as responsabilidades, foi um exemplo de capitão e só queria a vitória.
Garra, foco, esforço, liderança, comprometimento, paixão.
Todos os adjetivos que constroem um ídolo.

E mais do que dentro de quadra, você é um exemplo fora dela também.
Um cara sempre disposto a ajudar a comunidade e a valorizar cada pessoa ao redor.

Você, com um time, me fez um multicampeão de campeonatos que antes pareciam impossíveis.
Coincidência ou não, o último foi o único que ainda me faltava: o do NBB.
E a história desse dá um livro, você sabe.

É, tivemos momentos incríveis e também muito difíceis juntos.
Lembro de como sofri com você na sua lesão. Bem em um dos seus melhores jogos.
Mas, como sempre, você encarou aquilo como mais um desafio a ser enfrentado.

E eu vi toda a sua dedicação, sua paciência e seu esforço para voltar.
Vibrei em cada avanço seu até o retorno às quadras.
Um exemplo.

Aprendi e cresci muito com você nesses anos.
Espero que eu tenha te proporcionado o mesmo.
Nosso ciclo foi bem vivido.
Agora, a gente se encontra nas quadras. Cada um de um lado.
Mas, sempre teremos um elo. O nosso elo.
Seu nome está eternizado na minha história.

Esses malditos ninjas cortadores de cebola… deixaram nossos olhos cheios de lágrimas…


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui