O primeiro de dezembro é marcado pelo Dia Mundial de Combate à Aids, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Um dos objetivos principais da campanha “Dezembro Vermelho” é a conscientização, uma vez que superar os estigmas relacionados ao tema é fundamental para o diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento.

Diante desse cenário, a Secretaria de Saúde de Bauru realizará, no período de 1 a 7 de dezembro, a Campanha de Testagem de HIV e sífilis – “Fique Sabendo 2021”. Em conformidade com a Campanha Estadual de Testagem, as ações ocorrem por meio do Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais com apoio do Centro de Testagem e Aconselhamento e Centro de Referência em Moléstias Infecciosas.

O tema “Fique Sabendo – Faça o teste do HIV e da sífilis” pretende, justamente, destacar a importância da realização do teste para o diagnóstico precoce. A UNAIDS, programa da ONU que atua no combate à Aids, identificou que, até o final do ano de 2019, cerca de 7 milhões de pessoas possuíam a doença sem estarem cientes do diagnóstico.

No Brasil, desde 1996, todos os medicamentos antirretrovirais (ARV) são distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Esses fármacos, de acordo om as informações do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, ligado ao Ministério da Saúde, agem inibindo a multiplicação do HIV no organismo e, consequentemente, evitam o enfraquecimento do sistema imunológico.

Ademais, a partir de 2013, o SUS também passou a garantir tratamento para todas as pessoas vivendo com HIV (PVHIV), independentemente da carga viral.

Impacto da pandemia e importância da campanha

De acordo com a Coordenação Estadual, a pandemia de Covid-19 impactou significativamente a oferta de testagem do HIV e da sífilis nos municípios paulistas em 2020. Com isso, a campanha anual torna-se ainda mais importante para a intensificação da testagem, ação que tem como propósito, segundo a Saúde de Bauru: viabilizar o acesso ao teste; ampliar o número de pessoas que conhecem sua condição sorológica; vincular o portador do HIV à referência; e ofertar o tratamento imediatamente após o diagnóstico.

Assim, conforme divulgou a secretaria, as unidades de saúde de Bauru que participam da campanha deverão realizar atividades preventivas e de estímulo à realização de diagnóstico do HIV e da sífilis, com divulgação prévia da testagem na sua área de abrangência, adotando as medidas de prevenção e proteção contra o Covid-19, de forma a proteger usuários e profissionais de saúde.

Logo, durante a campanha “Fique Sabendo 2021”, o Centro de Testagem de Aconselhamento (CTA) disponibilizará para população em geral, por meio de demanda espontânea, o Aconselhamento e Testagem Rápida para o HIV e Sífilis, de 1 a 7 de dezembro.

Nos dias 1, 2, 3 e 7, o atendimento será das 7h às 16h. Já no dia 6, será das 7h às 19h. Nos dias 4 e 5, isto é, sábado e domingo, não haverá expediente.

Você sabe a diferença entre Aids e HIV?

É importante ressaltar que Aids e HIV são coisas diferentes e, consequentemente, ter HIV não é o mesmo que ter Aids. Isso porque, basicamente, o HIV é o vírus da imunodeficiência humana. Ele é capaz de provocar a Aids, que é a abreviação de acquired immune deficiency syndrome, ou seja, síndrome da deficiência imunológica adquirida.

Quando uma pessoa possui o vírus HIV, pode-se dizer que ela é soropositiva. Nesse sentido, existem muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença.

O que acontece, então, é que o vírus ataca o sistema imunológico, encarregado de defender o organismo de doenças. Assim, há o desenvolvimento da Aids.

A transmissão do HIV e, consequentemente, da Aids, acontece, de acordo com o Ministério da Saúde, das seguintes formas: sexo vaginal sem camisinha; sexo anal sem camisinha; sexo oral sem camisinha; uso de seringa por mais de uma pessoa; transfusão de sangue contaminado; da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação; instrumentos que furam ou cortam não esterilizados.

No entanto, pessoas vivendo com HIV/aids com carga viral indetectável há pelo menos seis meses e boa adesão ao tratamento têm um risco insignificante de transmitir o vírus pela via sexual. 

Ilustração de Dezembro Vermelho voltada ao combate da Aids
Ilustração: Reprodução/Freepik

O que é sífilis?

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) causada por uma bactéria. Trata-se de uma doença curável com diagnóstico feito por meio de um teste rápido (TR) de sífilis, o qual está disponível no SUS.

LEIA TAMBÉM


Quer ficar por dentro de todo o conteúdo da Solutudo Bauru? É só seguir a gente no Instagram e curtir nossa página no Facebook!

Gostou desse conteúdo? Então deixe seu comentário no campo abaixo!

E se você conhece alguma história de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui