Hoje, dia 11 de agosto, é celebrado no Brasil o Dia da Televisão. Esse aparelho possui grande importância para a história da comunicação em todo o mundo, e também no nosso país, no qual entrou em cena em meados de 1950. Atualmente, com as novas tecnologias, a televisão continua figurando como um importante elemento dos lares: dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirmam que 96,3% dos domicílios brasileiros possuem um aparelho televisor! Impressionante, não é?

Dessa forma, pela relevância desse meio de comunicação de massa, que possibilitou a união da imagem e do som, suas memórias são muito conhecidas e divulgadas até hoje. Mas tem uma história envolvendo o nosso município que muitas pessoas podem não ter conhecimento: Bauru foi a primeira cidade de todo o continente americano localizada no interior a ter uma emissora de televisão! Ficou curioso ou curiosa para entender como isso aconteceu? Nós contamos para você!

Da Itália para Bauru: a chegada da televisão com o canal 2

João Simonetti é considerado por muitos um visionário. Depois de tentar diversos empreendimentos, entre eles uma fábrica de móveis na Rua Batista de Carvalho, o italiano entrou para a história da comunicação no Brasil. Sim, ele era italiano, mas, como para receber a concessão de uma emissora de rádio ou de televisão em terras tupiniquins era necessário ser um nativo brasileiro, João Simonetti tratou de dar um jeitinho: em seus documentos constam que o local de seu nascimento é a cidade de Dois Córregos.

"João Simonetti, o realizador incansável" foi destaque na mídia impressa da época.
“João Simonetti, o realizador incansável” foi destaque na mídia impressa da época. (Foto: Reprodução)

Foi dessa forma que ele conseguiu abrir a PRG-8, uma rádio AM cujos estúdios ficavam na Bela Vista. Mas Simonetti não parou por aí, pois queria também uma emissora de televisão, objetivo que se realizou em dezembro de 1958, quando, no governo JK, conseguiu a licença para operar o canal 2.

Com a permissão em mãos, foi necessário importar os equipamentos. Por isso, em abril de 1959, a Rebratel (Rede Brasileira de Televisão) foi contratada, uma empresa francesa com escritório em Santos que impôs uma condição para colocar a televisão no ar: vender pelo menos mil aparelhos. E assim foi feito!

Cerca de um ano depois, entre ajustes e testes, houve a estreia da TV Bauru. O canal 2 exibia programas regionais ao vivo: teleteatros, telenovelas, programas de auditório e até telejornais.

Jornal da década de 1950 traz título anunciando a chegada da televisão em Bauru
“Bauru é a primeira cidade do interior da América do Sul a possuir televisão”, disse jornal da época. (Foto: Reprodução)

Essas transmissões eram em tempo real porque não havia tecnologia para a gravação de programas! Imagine só o “jogo de cintura” necessário para colocar no ar uma programação toda ao vivo, direta e sem cortes, o quanto de improviso foi exigido dos profissionais.

Uma curiosidade envolvendo a apresentação dos programas é que não havia a possibilidade de ler os textos (não existia o chamado teleprompter, aquela telinha que exibe as palavras). Por isso, tudo era pautado na capacidade do jornalista de passar as informações da melhor forma possível.

Evolução tecnológica e era Globo

De acordo com a história contada pela iniciativa Vivendo Bauru, apesar de fantástico, o empreendimento de televisão custou a Simonetti 7,5 milhões de cruzeiros somente em equipamentos, o que contribuiu para os atrasos nos salários dos funcionários.

Assim, em 1965, a Rede Globo comprou o pioneiro canal 2. Com o tempo, novos recursos surgiram, a gravação e edição se tornaram realidade, assim como a melhoria da qualidade das imagens.

A TV Globo Oeste Paulista deu origem à TV Modelo, em um período de investimento em programação local. Posteriormente, em 2003, surgiu a TV TEM, no ar até os dias de hoje.

Quer saber mais sobre essa história? O documentário a seguir é de quando a TV Tem ainda era TV Modelo e conta com a condução do ator Stênio Garcia.

LEIA TAMBÉM


Quer ficar por dentro de todo o conteúdo da Solutudo Bauru? É só seguir a gente no Instagram e curtir nossa página no Facebook!

Gostou desse conteúdo sobre as campanhas de doação em Bauru? Então deixe seu comentário no campo abaixo!

E se você conhece alguma história de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui