Chegou o segundo domingo de agosto, dia de homenagear aquele que está conosco desde os primeiros passos e segue ao nosso lado durante toda a vida: o nosso pai!

Nesse Dia dos Pais, fomos conhecer a história de Antônio, um paizão de Araçatuba, e gostaríamos de usá-lo como exemplo para homenagear todos os pais da nossa cidade!

Reprodução/Arquivo Pessoal

Orgulho, companheirismo e admiração: estas são as palavras que definem toda a relação de Antônio e seus filhos, Renato e Gustavo.

Gustavo, hoje com 34 anos, ainda se lembra de diversas situações que vivenciaram juntos e que, de alguma forma, marcaram a vida de ambos:

Ele foi me buscar na escola, eu tinha uns 7 anos, minha mãe me dava dinheiro pra comprar algo na cantina da escola, mas preferia juntar minhas moedinhas. Um dia ele foi me buscar, e voltando a pé, falei pai, queria tomar uma Tubaína, vamos parar nesse Bar… Ele, triste por não ter o dinheiro no momento, me disse que não podia. Eu falei, pai,pode deixar que eu pago. Paramos, sentamos na mesa e tomei uma Tubaína com ele, satisfeitíssimo… Isso, por mais simples que foi, marcou nossas vidas

Aos 70 anos, o Técnico Agrícola e Pecuarista sempre se importou com a relação de amizade entre ele e seus filhos, e, por isso, sempre os manteve por perto, compartilhando seus gostos e vontades: “[…] ele me ensinou a gostar do que ele ama. Desde novinho, me levava pro sítio, o que me levou a gostar muito da Zona Rural”.

Meu pai é nosso orgulho

Nascido em Luiziânia, Antônio hoje vive em Araçatuba e desfruta todos os dias de um dos maiores orgulhos de sua vida: ter construído uma família e ter, depois de muitos sacrifícios, conseguido formar os filhos. Gustavo nos diz que se lembra até hoje do forte e caloroso abraço e o sorriso no rosto de seu pai quando ele e seu irmão lhe disseram que ambos haviam sido aprovados em um concurso, o que se tornou um dos maiores presentes da vida de Antônio.

Este orgulho, entretanto, é um sentimento mútuo dentro de sua família. Gustavo sempre faz questão de ressaltar o valor de seu pai, que, segundo ele, “é mais que um vencedor“:

Meu pai é o nosso orgulho. De família simples, humilde, sempre de bom humor, inteligente, família, uma pessoa da paz… Nos mostrou como valorizar a vida, nos dando garra para enfrentar todos os obstáculos.

Um companheiro para toda a vida

O amor pela zona rural é algo compartilhado pelos três, e ela é o principal cenário de diversos momentos em família e lembranças boas:

Desde pequeno, ele sempre me esperava sair da escola, me levava pro sítio, me ensinando como deveria ser[…] As vezes dormíamos lá, em casa humilde, mas com muita felicidade no coração. Lembro que a casa era de madeira. Ele colocava bambu nos pés da cama…eu dizia: pra que isso pai? Ele falava: Para erguer a cama e te proteger de qualquer inseto, bicho ou cobra!

Até os dias atuais, o pai e filhos vão juntos ao sítio, aos finais semana, para “desfrutar a paisagem, lazer, descansar e aproveitar pra trabalhar também, lado a lado”.

“Você é tudo para nós”

Neste Dia dos Pais, Gustavo gostaria de deixar uma mensagem para Antônio:

Pai, continue sempre assim… Trabalhador, honesto, inteligente, com seu bom humor, humilde e sempre vendo a vida como algo maravilhoso. Parabéns por ter nos ensinado tudo na vida e ser nosso braço direito… Te amamos muito. Você é tudo para nós.

Hoje, como recompensa por tudo que ele fez, estamos reformando o sítio e proporcionando a ele um pouco de conforto, para continuar desfrutando da família e agora, da netinha!


Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Araçatuba!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

5/5 - (5 votes)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui