A loja Alecrim Moda Baby, em Araçatuba, realiza o projeto Troca Consciente, no qual oferece descontos em troca de itens usados de bebê.

As mamães e os papais podem utilizar o desconto conseguido com a troca das peças em qualquer produto do estabelecimento, que vende diversos itens novos e seminovos para os pequenos. Roupas, carrinhos, bolsas, berços, andadores, entre outros.

Os itens devem estar em perfeito estado para serem trocados. As roupas, por exemplo, antes de serem revendidas na loja, passam por uma curadoria rigorosa, são enviadas à lavanderia e, em alguns casos, recebem retoques de uma costureira.

A ideia surgiu a partir de uma experiência pessoal dos proprietários da Alecrim, o casal Daniel Lopes, de 35 anos, e Michele Patrícia, de 33. Na primeira gestação, os pais de dois meninos notaram que as peças para os bebês tinham um preço alto.

Os proprietários da loja Alecrim Moda Baby e idealizadores do projeto Troca Consciente, Daniel Lopes, de 35 anos, e Michele Patrícia, de 33 (Foto: Flávio Duca)

“A gente viu que algumas mamães não conseguiam adquirir roupas de melhor qualidade porque, na maioria das vezes, os preços eram abusivos. Então decidimos trabalhar com um preço baixo, para que todas tenham acesso, e oferecer a Troca Consciente”, explica Daniel.

A loja aceita peças femininas e masculinas. Não tem preferência por marcas de luxo. O principal critério é o estado de conservação das vestimentas. Quanto mais conservadas estiverem, maiores serão os descontos. O valor varia por cada tipo de item.

Os interessados em realizar a Troca Consciente devem entrar em contato com a Alecrim pelo WhatsApp e agendar um horário.

Doação

No local, há uma caixa na qual os papais e as mamães podem depositar itens para serem doadas à instituição Comunidade Terapêutica Divina Providência, que atende, também, gestantes com dependências químicas.

“Às vezes, adquirimos algumas roupas com manchas e as mandamos para a lavanderia. Se as manchas não saem, colocamos as peças na caixa e doamos. Os pais também podem doar os itens que não forem selecionados na curadoria ou, se preferirem, podem pegá-los de volta”, conta Daniel.

‘Quando ajudamos outras pessoas, nós nos ajudamos espiritualmente e emocionalmente’

Para a empresária Michele, é importante que mais pessoas adotem boas ações, mesmo que pequenas. “Todas as mães e os pais sabem a dor que é querer comprar uma coisa para um filho e não poder. Isso fere muito a alma. Quando ajudamos outras pessoas, nós nos ajudamos espiritualmente e emocionalmente.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: aracatuba@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui