Em agosto de 2018, a araçatubense Maria Eduarda tinha acabado de completar 8 anos quando foi diagnosticada com Linfoma de Burkitt, um tipo de câncer do sistema linfático.

O tratamento teve início logo após a descoberta, e Camila, mãe de Maria Eduarda, nos conta que foi um momento muito difícil para a família.

Nunca se imagina uma criança que nunca ficou doente passar por isso. Procedimentos dolorosos, a própria doença a deixava debilitada, sem fome, sem alegria nos olhos, mas a Fé em um Deus que pode todas as coisas, Ele nos deu força para continuar um dia de cada vez

Maria Eduarda e sua mãe, Camila. Reprodução/Arquivo Pessoal

Após um ano e seis meses de lutas e a crença sempre presente de que Maria Eduarda seria curada, veio a notícia: o tratamento estava finalizado!

Quando recebeu a notícia de que Maria Eduarda estava curada, a mãe da pequena conta que sentiu um alívio, como se retirassem o peso de suas costas e alma.

O maior ensinamento foi que temos que viver um dia de cada vez, amar, abraçar, brincar, rir e chorar, como se fosse o último. Não sabemos o dia de amanhã, somos presenteados com um dia por vez

Reprodução/Arquivo Pessoal

O badalar do Sino da Vitória

No final do tratamento tem a toca do sino que representa a vitória e incentivo para quem ainda está em tratamento ter forças para continuar e chegar o tão esperado dia de tocar o sino

Após um ano e meio, havia chegado então o momento de ouvir o som mais esperado por todos: o soar do Sino da Vitória pelas mãos de Maria Eduarda!

Reprodução/Arquivo Pessoal

A vida hoje

Hoje, a vida de Maria Eduarda é como de qualquer outra criança de sua idade.

Com a pandemia do Coronavírus, o dia a dia passou a ter algumas limitações, mas nada que impeça a família de passar o tempo juntos e sempre dando “valor aos mínimos detalhes”.

Queremos que todos saibam que a cura é possível. É só acreditar que Deus pode, Ele é o Deus da cura


Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Araçatuba!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui