Segurando uma placa na qual está escrita a frase “quero ser empresário, tudo tem um começo”, o estudante Matheus Barcellos, de 24 anos, vende paçocas por R$ 1 cada. O jovem comercializa os doces de segunda a sexta-feira, no semáforo entre o cruzamento da rua do Fico com a Avenida dos Araçás, ao lado do posto de combustível J3, em Araçatuba.

Com o dinheiro, o jovem pretende comprar equipamentos fotográficos modernos e profissionalizar o seu trabalho como fotógrafo. Além disso, almeja abrir, no futuro, um estúdio de fotografia.

“Hoje em dia, está difícil arrumar um emprego fixo e ter dinheiro. E eu não queria pedir para ninguém. Então, eu decidi que tinha que ir para a rua fazer o meu dinheiro”, explica Matheus.

Como a ideia surgiu

A ideia de vender as paçocas e colocar a frase na placa surgiu ao assistir vídeos de canais no Youtube que dão dicas sobre empreendedorismo.

“O youtuber Tiago Fonseca fala muito sobre não desistirmos dos nossos sonhos, pois tudo é possível. E ele fala também que nós temos que ir para a rua e fazer as pessoas terem um motivo para comprar. Aí, como eu quero ser empresário e eles falam sobre ter um começo, decidi criar essa frase e colocá-la na placa”, conta Matheus.

Meta

Por dia, Matheus vende 67 paçocas. Assim que termina o expediente, ele vai ao mercado para comprar os doces que serão comercializados no dia seguinte.

O estudante acredita que conseguirá a quantia necessária para comprar os equipamentos em 10 meses, caso venda todas as 67 unidades de paçoca por dia.

‘Estou sempre tentando ficar motivado’

Estudante do curso técnico em Marketing da Etec de Araçatuba, Matheus, além de assistir vídeos sobre empreendedorismo no Youtube, participa de palestras e de cursos. “Estou sempre tentando ficar motivado. Afinal, é muito difícil ficar na rua com esse calor e este sol de Araçatuba.”

No começo, a família e os amigos de Matheus duvidaram que ele tivesse coragem de dar os primeiros passos para realizar o sonho. Mas, atualmente, apoiam o jovem. “Desde o início, quem sempre me encoraja é a minha namorada, Thamirys. Todos os dias ela me incentiva a ir vender as paçocas.”

No entanto, o incentivo e apoio não vêm apenas de familiares e amigos. No semáforo, pessoas encorajam Matheus a persistir no sonho e, em alguns casos, chegam a dar dinheiro, mas não pegar a paçoca. “Ontem, por exemplo, uma mulher deu R$ 10, não pegou o doce e disse que a quantia era para me ajudar. Essas coisas marcam bastante.

Aos sonhadores, Matheus diz o mesmo conselho que recebeu: nunca desista! “A vida está difícil, mas não tanto assim. Se a gente quer, nós temos que ir atrás. Na música EUROTRIP, do Krawk, ele fala: ‘o sonho só acontece fora da cama’. Então, para realizarmos nossos sonhos, temos que sair e batalhar.”


Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Araçatuba!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui