Nas últimas semanas, os alunos dos cursos de Educador Social, Fotógrafo e Maquiador do Senac Araçatuba se uniram e criaram uma exposição fotográfica que mostra a realidade das mulheres transexuais da cidade. O resultado do projeto pode ser conferido na biblioteca da unidade.

O projeto iniciou a partir de um questionamento: o que mulheres transexuais em estado de prostituição têm a dizer? Os alunos da turma do curso de Educador Social começaram, então, a pesquisar acerca do assunto em livros e realizar visitas à Agendda (Associação Gênero, Diversidade, Direitos e Afetividade) e ao Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua).

De acordo com o blog do Senac Araçatuba, após as informações serem coletadas, os participantes definiram o foco do projeto: mostrar as dores e os sabores das vivências das mulheres transexuais. Então, com a ajuda dos alunos do curso de Maquiador, os estudantes de fotografia registraram fotos de três mulheres transexuais da cidade.

A Edna Aparecida de Almeida Dias acompanhou o desenvolvimento do projeto. Para a docente, a atividade contribuiu para tornar visíveis as histórias dessas mulheres e mostrar as dificuldades e os preconceitos vividos por elas.

“O projeto trouxe uma reflexão interessante e rica para alunos e funcionários da unidade. Trouxe um olhar de inclusão que nos proporciona um movimento de conhecimento e luta pelos direitos, desenvolvendo e concretizando as potencialidades de todos os envolvidos”, complementa Edna ao blog do Senac Araçatuba.


Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Araçatuba!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui